conecte-se conosco


Cuiabá

Mitos e ritos africanos marcam espetáculo do grupo cultural Liberdade

Publicado

Luiz Alves

Em uma noite de muita cultura, a Prefeitura de Cuiabá trouxe à Capital o grupo Liberdade. Ao som do batuque dos tambores africanos, com uma mistura de mitos e ritos dos afrodescendentes, o Liberdade encantou os cuiabanos com o espetáculo “Quilombo da liberdade, origens”, na noite deste sábado (9), no Museu do Rio.

No palco, ao ar livre, os artistas de Brasília trouxeram a capoeira regional e da Angola, danças de puxada rede, de bastão e maculelê para a apresentação. A mistura dos elementos foi aplaudida por quem ali passou e parou para prestigiar a arte expressa pelos belos movimentos corporais.

Para a pedagoga Silvia Stering, a iniciativa do Município foi muito importante, pois resgata as raízes da cidade, que tem herança africana, como todo o Brasil, em um ano em que ela completa seu tricentenário.

“Cuiabá tem sua tradição e a cultura africana está arraigada nela. Trazer essas apresentações é promover um encontro de culturas e também uma forma de educar os mais jovens, que em sua maioria, não tem esse rico conhecimento”, ressaltou Silvia.

Responsável pela vinda do grupo a Cuiabá, o secretário-adjunto de Cultura, Justino Astrevo, destacou a luta da gestão atual em promover o resgate da cultura no Município.

Veja Também  Prefeito Emanuel Pinheiro entrega mais uma unidade educacional

“Mais um momento de arte oferecido ao cidadão cuiabano, totalmente gratuito, e com essa riqueza de elementos, que nos fazem lembrar nossa história. E para termos acesso a esse ensinamento, essa aula de conhecimento, o prefeito Emanuel Pinheiro vem colocando todos os esforços possíveis nos projetos que envolvam o âmbito cultural”, frisou o secretário.

Com mais de 20 anos de história, o grupo liberdade já percorreu várias regiões brasileiras. O espetáculo “Quilombo da liberdade, raízes” já foi apresentado em nove escolas pertencentes a duas cidades satélites do Distrito Federal – Gama e Ceilândia – assistido por mais de oito mil pessoas. O projeto também já foi apresentado nos estados da Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco, onde foi visto por mais de 10 mil espectadores.

Idealizador do projeto, Roberto Oliveira, o mestre Cobra, agradeceu pela oportunidade e a expressou ressaltando a beleza da Capital e a alegria dos cuiabanos. “O grupo está muito feliz pela receptividade como foi acolhido. Cuiabá tem muito da arte que representamos. É uma cidade calorosa, que carrega em suas raízes uma bela história, cheia de cores, dança, música e amor. Isso agrega ao nosso trabalho, pois esse é o objetivo maior: em cada lugar que passarmos, levarmos um pouquinho de conhecimento, “finalizou o mestre.

Veja Também  Secretário reconhece equívoco e devolve “prêmio” aos cofres públicos

O grupo faz sua última apresentação neste domingo (10), às 12h, na comunidade Quilombola de Mata Cavalo de Cima, em Nossa Senhora do Livramento.

 

 

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook

Cuiabá

1ª dama lidera ação beneficente de Páscoa nas unidades do Siminina

Publicado

Vicente Aquino

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:8.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:107%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;
mso-fareast-language:EN-US;}

As 1.100 meninas atendidas pelo Siminina, da Prefeitura de Cuiabá, receberam, nesta semanan, ovos de chocolate em ação beneficente proposta pela primeira-dama Márcia Pinheiro, em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano.

De acordo com a primeira-dama, a intenção não é só levar o ovo de chocolate, simbolo dessa época, mas em conjunto, fortalecer a mensagem Cristã do verdaideiro significado da Páscoa. “Nós percorremos todas as unidades levando o ovo e também reforçando a Ressureição de Cristo com histórias, encenações para que nunca se perca o gesto de amor, de esperança que Jesus teve por todos nós”, enfatizou Márcia.

A ação que ocorre todos os anos, intensificada com a promoção da ação de conscientização da mensagem de Páscoa, também auxilia de forma direta, as famílias em vulnerabilidade social das atendidas pelo projeto Siminina, uma vez que, muitas não possuem condições financeiras de agraciar os filhos.

Veja Também  Prefeitura informa que lançamento do programa Morar Bem foi cancelado

“Tem pais e mães que conhecemos bem e não tem condições de comprar um ovo da Páscoa e elas ganhando esses ovos é algo que pode não parecer, mas é tudo para elas. Ficam imensamente felizes”, afimou Vera Lúcia, monitora do Siminina, unidade Dr. Fábio.  

As entregas aconteceram diretamente nas 16 unidades de atendimento do programa espalhadas pela Capital, sendo o principal evento realizado na unidade do bairro 1ª de Março onde reuniu mais de 500 meninas das demais unidades da região: Três Barras, Jardim Vitória, Renascer, CPA, Dr. Fábio.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeito determina que secretário faça devolução de pagamento

Publicado

Gustavo Duarte

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, determinou que o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, faça a devolução imediatamente dos valores recebidos em apenas uma parcela dos acertos de verbas retroativos que vinham sendo discutidos desde 2003.

Ao tomar conhecimento da situação, o prefeito determinou a devolução imediata do pagamento feito em apenas uma parcela. A partir dessa devolução, o secretário irá receber o valor de direito, mas de forma parcelada a partir do próximo mês.

“Na minha gestão, todos os servidores da Prefeitura de Cuiabá são iguais. Se o pagamento de um direito adquirido é feito de forma parcelada para todos os funcionários, um secretário, mesmo sendo servidor efetivo, tem que receber o mesmo tratamento de qualquer outro servidor. Por isso, determinei ao secretário de Mobilidade Urbana a devolução imediata do pagamento”, afirmou.

Conforme divulgado na imprensa nesta semana, o secretário Antenor Figueiredo recebeu subsídio de R$ 142,3 mil no mês de março, com dois pagamentos, sendo um de R$ 106,9 mi, e outro de R$ 35,3 mil. A Secretaria de Gestão explicou que o montante é referente ao pagamento do salário, 13° salário (o secretário faz aniversário no mês de março), além do valor de direito adquirido pelo gestor, que é auditor fiscal de carreira desde 1983. Porém, o pagamento deveria ser feito de forma parcelada.

Com a determinação do prefeito, o secretário terá que devolver imediatamente, somente o valor do direito adquirido de acertos de verbas

Veja Também  Secretário reconhece equívoco e devolve “prêmio” aos cofres públicos

HISTÓRICO

Desde 2018, a administração tem regularizado a vida funcional dos servidores, dando andamento a processos suspensos e/ou interrompidos por questões administrativas, e garantindo o pagamento de direitos já reconhecidos. Centenas de servidores já foram beneficiados pela ação, que conta com o trabalho de um setor específico e hoje pode ser feita eletronicamente, dando celeridade aos pagamentos.

Os pagamentos são feitos por meio de parcelamento ou em parcela única, a depender de seus valores. Neste caso, contudo, uma falha no trâmite da Secretaria de Gestão resultou na liquidação em apenas uma vez. “É importante destacar que os procedimentos passam pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e Controladoria Geral, que reconhecem o direito de recebimento dos servidores”, explicou a secretária de Gestão, Ozenira Félix.

O objeto do pagamento para o secretário corresponde a acertos de verbas retroativas de direitos que vinham sendo discutidos desde 2003. Este número, portanto, decorre de quase 15 anos retroativos, somados ao seu salário atual e ao 13° salário.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana