conecte-se conosco


Entretenimento

Má sorte? Tony Ramos emenda papeis ruins na Globo

Publicado

Tony Ramos é um dos maiores atores da dramaturgia brasileira e disso ninguém dúvida. O artista marcou a televisão brasileira em papeis como Totó de “Passione”, Edu em “Rainha da Sucata”, e Quinzinho em “Baila Comigo”.


Tony Ramos não está bem como o vilão Olavo em
Divulgação
Tony Ramos não está bem como o vilão Olavo em “O Sétimo Guardião”

Ele já foi italiano, grego, paulista, indiano e viveu histórias do passado e do presente. Mas, nos últimos anos, Tony Ramos
tem enfrentado uma onda de papeis aquém de seu potencial. Quando estreou “Vade Retro”, ele se viu de frente com a oportunidade de fazer algo novo.

Leia também: Chega de Friboi! Tony Ramos encerra contrato com a marca

Dessa vez em uma série, ele viveu o diabo como Abel Zebul contracenava com Monica Iozzi. Ele já tinha feito comédias antes, claro, mas fazer graça com o símbolo do inferno em uma série temática seria uma nova experiência em sua carreira. “ Vade Retro
”, porém, não alcançou o sucesso esperado e acabou não tendo continuidade.


Tony Ramos em cena de
Divulgação/TV Globo
Tony Ramos em cena de “Vade Retro”

Depois disso ele conseguiu certa recuperação como José Augusto em “Tempo de Amar”, mas sua participação passou longe de ser emblemática, a não ser pelo fato de voltar a fazer par romântico com Regina Duarte 28 anos depois de “Rainha da Sucata”.

Veja Também  Famosos chegam ao velório de MC Sapão, no Rio de Janeiro

Agora Ramos atinge o ápice com Olavo em “ O Sétimo Guardião
”, novela das 21h de Aguinaldo Silva. Ele vive uma espécie de vilão, mas é levado de lá para cá pela verdadeira vilã Valentina (Lilia Cabral) e é um desses personagens sem objetivo que só aparecem quando a trama não tem para onde ir.

Ele pode tomar novos rumos quando “O Sétimo Guardião” atingir o 100º capítulo, mas vai precisar de muito para transformá-lo e, um personagem interessante.

Leia também: “O Sétimo Guardião” e o desserviço das novelas em 2018

Amor documentado


Exposição fotográfica de Renell Medrano detalha romance nos dias de hoje
Divulgação
Exposição fotográfica de Renell Medrano detalha romance nos dias de hoje

A joalheria Tiffany inovou e lançou uma mostra fotográfica que expõe os casais apaixonados pela cidade de Nova York. Como tentativa da marca de explorar o amor em todas as formas, Renell Medrano, fotógrafa e colaboradora criativa da Tiffany, documentou o significado de ser jovem e apaixonado. “Eu quis mostrar um lado único e diferente do amor – Um realismo e vulnerabilidade que não é filtrada”, comentou Medrano. As imagens estão expostas na cidade na Indústria Studio durante a semana de moda de Nova York.

Fidelidade 

Os cinéfilos de plantão terão vantagens na rede de cinemas Itaú. O grupo criou o Clube do Cinéfilo, programa que oferece vantagens para quem não perde um lançamento nas telonas. Os benefícios podem incluir pipoca e ingressos grátis, mas outros ganhos acontecem conforme os usuários frequentam as unidades.

Veja Também  Kleber Mendonça Filho pode pagar R$ 2,2 milhões ao Governo por “O Som ao Redor”

Nas telonas



Divulgação
“Roma”

Um dos filmes que mais atiçou a indústria cinematográfica em 2018 foi justamente um que surgiu para as plataformas, “Roma”. O longa de Alfonso Cuarón chegou a ganhar poucas datas nos cinemas de São Paulo, mas agora ganha mais uma chance com distribuição da Vitrine Filmes. A cidade do Rio de Janeiro também terá algumas datas de exibição. Confira as datas e horários aqui
.

Nas telinhas



Divulgação
“Vingadores: Guerra Infinita”

Já na televisão, quem não assina o Telecine vai ter acesso ao conteúdo dos canais por uma semana. A rede abrirá o sinal entre os dias 16 a 26 de fevereiro, e planeja uma programação liderada pelo sucesso “Vingadores: Guerra Infinita”.  “Han Solo: Uma história Star Wars” também estará em cartaz nos canais que planejam ainda alguns especiais.

No domingo do Oscar (24) serão exibidos vencedores da edição passada como “Trama Fantasma”, “Corra!”, “Eu, Tonya” e “Três Anúncios Para um Crime”.

Leia também: Confira todos os personagens que aparecem em “Vingadores: Guerra Infinita”

Projetos futuros

Ainda sobre Tony Ramos
, apesar da má fase atual, ele deve sair dessa “zica” logo. Ele estará em “O Anjo de Hamburgo”, minissérie que contará a história de Aracy Moebius de Carvalho Guimarães Rosa, esposa do escritor Guimarães Rosa, que, enquanto foi funcionária do Itamaraty, ajudou judeus perseguidos por Adolf Hitler a fugirem para o Brasil.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook

Entretenimento

Lei Rouanet vai mudar de nome e passará a ter teto de R$ 1 milhão

Publicado


Ministro osmar Terra fala ao microfone
Marcelo Camargo/ABr
Ministro da Cidadania, Osmar Terra anunciou mudanças na Lei Rouanet


Mudanças na lei que garante uma grande parte da produção cultural do Brasil começaram a ser anunciadas para valer nesta segunda-feira (22). Em vídeo publicado na página de Facebook do Ministério da Cidadania, o ministro Osmar Terra explica algumas das diretrizes da Lei de Incentivo à Cultura – o nome Lei Rouanet não será mais usado. Não ficou claro, ainda, quando as novas regras passam a valer. 

Leia também: Promessa de campanha, Bolsonaro reduz apoio à Cultura nos 100 primeiros dias

Conforme anunciado há duas semanas pelo presidente Jair Bolsonaro, o limite para captação de recursos pela Lei Rouanet
vai baixar de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão por projeto. Já uma mesma empresa que apresentar várias propostas diferentes poderá receber, quando somados todos os eventos patrocinados, até R$ 10 milhões por ano. O teto, nesse caso, também era de R$ 60 milhões.

Haverá algumas exceções. Terra cita nominalmente exemplos como o Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas, e o Natal Luz, em Gramado (RS), poderão utilizar até R$ 60 milhões. Feiras de livros, restauração de patrimônio tombado, construção de teatros e cinemas em cidades pequenas, e planos anuais de identidades sem fins lucrativos, como museus e orquestras, também estão fora do limite de R$ 1 milhão, mas não há detalhes do teto para esses casos.

Leia também: Luan Santana diz que abandonou projeto após conhecer melhor a Lei Rouanet

Veja Também  Sunday Service: a “missa de Páscoa” de Kanye West no Coachella

“Com isso, vamos enfrentar a concentração de recursos nas mãos de poucos. Com o mesmo dinheiro, mas melhor distribuído, vamos ter muito mais atividades culturais e artistas apoiados, dando oportunidade para os novos talentos”, disse Osmar Terra
, a quem a Secretaria de Cultura é subordinada.

Mais ingressos gratuitos

A cota de ingressos gratuitos, que hoje é de 10%, deverá ficar entre 20% e 40%. Além disso, o valor dos ingressos populares terá que baixar de R$ 75 para R$ 50. Também haverá editais focados no incentivo à cultura regional, em parceria com as empresas estatais, e estímulo para que as 25 unidades da federação, com exceção de São Paulo e Rio de Janeiro, tenham mais recursos. O objetivo é desconcentrar os projetos patrocinados, que em sua maioria estão atualmente nesses dois estados.

Leia também: Escolas de samba do Rio receberão R$ 8 milhões da Lei Rouanet

Outro ponto citado é que os beneficiados pelos repasses terão que fazer ação educativa em escolas ou na comunidade, em parceria com as prefeituras.

Veja Também  Não tem mais volta? Angelina Jolie e Brad Pitt estão oficialmente solteiros

Terra afirmou ainda que as prestações de contas já feitas, tanto na Secretaria de Cultura como em outras áreas sob o guarda-chuva do Ministério da Cidadania
, serão passadas a limpo por um comitê. E que as prestações de contas daqui para a frente serão feiras “praticamente” em tempo real na internet.

“Os brasileiros, que estão cansados de ouvir falar dos abusos no uso dos recursos da Lei Rouanet
, podem ter certeza que isso está acabando. Vamos enfrentar a concentração de recursos públicos beneficiando poucos. Nossa nova lei de incentivo vai aumentar o acesso da população brasileira à cultura, especialmente para as pessoas mais pobres. Nossas ações também terão foco no estímulo ao surgimento de novos talentos, no fortalecimento de ações de inclusão social, formando profissionais na área artística e promovendo a cultura popular”, disse Terra. 

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Lembra dela? Ex-BBB Francine Piaia mostra nova silhueta após perder oito quilos

Publicado

Francine Piaia, ex-BBB 9 exibiu as novas curvas, após emagrecer oito quilos, por meio do programa de emagrecimento Thai 360. A apresentadora do “Transalouca”, da rádio Transamérica, conheceu a modelo Lizi Benites e seu marido, Galego, durante uma participação na rádio e acabou se interessando pelo desafio de oito semanas online, que visa eliminar peso e medidas com apenas 20 minutos de exercícios diários.

Leia também: Ex-BBB Francine sensualiza de lingerie e exibe corpo “violão”


Francine Piaia no espelho, de calça e top verdes
Divulgação/Agência Fio Condutor
Francine Piaia


“Eu estava insatisfeita comigo mesma, não queria mais sair de casa e estava psicologicamente abalada. Ninguém me falou nada, mas eu sabia que estava acima do peso
. Minhas pernas e costas doíam muito, meu intestino não funcionava direito, eu já havia tentado de tudo e nada dava certo”, confessou Francine Piaia
.

Leia também: Rízia do “BBB 19” sofre represálias após soltar indireta na web

Depois de finalmente conquistar uma silhueta mais esguia, Fran voltou a publicar fotos em suas redes sociais
e, além disso, revelou que ainda quer perder mais seis quilos para chegar ao corpo ideal.

Veja Também  Bob Dylan se irrita com fã tirando foto e quase cai do palco ao abandonar show

O antes de Francine Piaia, de top e shorts pretos
Reprodução/Instagram
Francine Piaia


Leia também: Vencedora do BBB 19, Paula é indiciada por preconceito religioso

“Foi muito difícil perder os três primeiros quilos, até pensei que a balança estivesse quebrada. Mas persisti e consegui eliminar oito. Estou muito feliz, até meu rosto e cintura estão mais finos. Antes, eu fugia das fotos nas redes sociais e agora fico feliz quando me olha no espelho”, revelou Francine Piaia
.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana