conecte-se conosco


Entretenimento

Defasado e com estrelas de fora, Grammy tenta se manter culturalmente relevante

Publicado

O Grammy 2019 vai acontecer neste domingo (10) com Alicia Keys apresentando pela primeira vez. A cantora, que já ganhou 15 vezes ao longo de sua carreira, vai assumir o papel que foi de James Corden nos últimos dois anos.


Grammy 2019 não terá a presença de três dos principais indicados. Premiação tenta recuperar rpestígio
Reprodução
Grammy 2019 não terá a presença de três dos principais indicados. Premiação tenta recuperar rpestígio

Os principais indicados
no Grammy 2019
são Drake e Kendrick Lamar, o segundo contemplado pela trilha-sonora de “Pantera Negra”. Os dois, porém, se recusaram se apresentar no evento de acordo com o The New York Times.

O jornal entrevistou o produtor do show, Ken Ehrlich, que confirmou que ambos, assim como Childish Gambino, foram convidados para se apresentar no evento, mas recusaram. Nem a presença deles na premiação foi confirmada. A decisão é alinhada com outros artistas, a maioria negros, que tem boicotado o evento por falta de diversidade nos últimos anos.

Com discos celebrados e de sucesso, como “Damn!” de Lamar e “Lemonade” da Beyoncé sem vitórias, o evento foi aos poucos perdendo seu prestígio em parte da comunidade artística, colocando em cheque sua relevância. Jay-Z, Frank Ocean, Justin Bieber e próprio Drake
já boicotaram o Grammy antes.

Curiosamente, os artistas com mais indicações nessa edição são majoritariamente negros, incluindo ainda Cardi B (com seis indicações) e a novata H.E.R (cinco indicações). Ainda assim, especialistas apontam que a vitória nas principais categorias deve ir para a cantora country Brandi Carlile, que lançou “By The Way, I Forgive You” em 2018.

Apresentações


Lady Gaga é a principal aposta do Grammy 2019 para tentar suprir desistência de estrelas
Divulgação
Lady Gaga é a principal aposta do Grammy 2019 para tentar suprir desistência de estrelas

Entre os principais indicados, Cardi B e Lady Gaga, contemplada pela trilha sonora de “Nasce Uma Estrela”, se apresentarão. Gaga estará ao lado de Mark Ronson e, embora a maioria das categorias sejam relacionadas ao filme, ela conseguiu uma indicação por “Joanne”. A surpresa ficará por conta de qual faixa eles apresentarão, mas não deve ser Shallow
, já que o hit será apresentado no Oscar.

Veja Também  “Mau Exemplo de Cameron Post” flagra violência emocional do conceito de cura gay

Entre os artistas que já estão confirmados para se apresentar no evento estão ainda Dua Lipa, St. Vincent, Chloe x Halle, Travis Scott, Red Hot Chili Peppers, Janelle Monáe, Post Malone e Shawn Mendes. A abertura vai ter clima latino, com Camila Cabello dividindo o palco com J. Balvin e Ricky Martin. Diana Ross também subirá ao palco para apresentar alguns de seus maiores sucessos.

Novidades


BTS, grupo sul-coreano, conseguiu uma rara indicação e pode sair premiado no domingo (10)
Divulgação
BTS, grupo sul-coreano, conseguiu uma rara indicação e pode sair premiado no domingo (10)

Um dos momentos já aguardados pelos fãs é a participação do BTS, que irá apresentar uma categoria. Feito raro para um grupo sul-coreano, eles ainda são indicados na noite por “Love Yourself: Tear”.

Além deles, muitos dos indicados da noite podem levar o gramofone dourado para casa pela primeira vez. É o caso de Bjork, Backstreet Boys, Demi Lovato e Fall Out Boy. Shaw Mendes, Cardi B e SZA estão estreando na premiação, além do rapper Mac Miller, que recebeu uma indicação póstuma.

Esnobada e mais briga


Depois de lançar singles que foram direto ao 1º lugar das paradas, Ariana Grande desistiu de se apresentar no Grammy 2019 e criticou produtor do evento
Reprodução/Instagram
Depois de lançar singles que foram direto ao 1º lugar das paradas, Ariana Grande desistiu de se apresentar no Grammy 2019 e criticou produtor do evento

Katy Perry, constantemente lembrada de que nunca ganhou um Grammy, vai dar as caras no evento e se apresentar em um tributo a Dolly Parton. Mas, outro boicote, dessa vez do pop, mais uma vez criou uma sombra na relevância da premiação.

Ariana Grande
não entrou em acordo com a organização do evento e ficará de fora da 61ª edição. Ela concorre em seis categorias e queria apresentar seu último single, 7 Rings
. De acordo com fontes do Daily Mail
, a organização não autorizou a execução da faixa, o que fez com que a cantora desistisse inclusive de aparecer no evento.

Veja Também  Donald Trump leva bronca da HBO após usar imagem de “Game of Thrones”

Ehrlich também falou sobre a desistência da cantora na entrevista, dizendo que ela decidiu não se apresentar pois sentiu que “era tarde demais” para fazer a performance da maneira que queria. Ariana Grande, no entanto, negou  a versão
do produtor e disse que sua “criatividade e autenticidade foram sufocadas” por ele.

Homenagens


Aretha Franklin receberá homenagem póstuma no Grammy 2019
Reprodução/Youtube
Aretha Franklin receberá homenagem póstuma no Grammy 2019

Duas grandes artistas serão homenageadas no evento este ano. A primeira delas e a rainha do country Dolly Parton. Ela apresentará suas músicas ao lado da afilhada Miley Cyrus, além de Katy Perry e Linda Perry.

Mas, o grande tributo da noite será em homenagem a Rainha do Soul, Aretha Franklin, morta em agosto de 2018. Três nomes do R&B americano atual, Audra Day, Fantasia Barrino-Taylor e Yolanda Adams ficarão incumbidas de relembrar os sucessos de Franklin, que ao longo da carreira ganhou 28 estátuas.

Prestígio e futuro do Grammy


Frank Ocean liderou a onda de boicote dos últimos anos, depois de retirar seu disco da competição por
Divulgação
Frank Ocean liderou a onda de boicote dos últimos anos, depois de retirar seu disco da competição por “não se sentir representado” pela Academia

A Academia Nacional de Artes e Ciências de Gravação vive no momento algo similar com o que a Academia Cinematográfica viveu há alguns anos e tenta se recuperar. A falta de representatividade em todas as categorias do Oscar geraram a campanha “Oscar So White” e, desde então, eles são pressionados para aumentar a diversidade dos votantes e indicados.

Na música, porém, eles não parecem querer seguir o exemplo, e insistem nos mesmos “medalhões” votando e impactando nos indicados e vencedores. Frank Ocean, que foi um dos primeiros a boicotar o evento e não submeteu o disco “Blondie” para indicações, disse na época que não se sentia representado pelo Grammy.

O resultado veio na prática: a edição de 2018 do teve uma queda de seis milhões de espectadores em relação ao ano anterior. Com exceção de 2017, com Beyoncé e Adele como estrelas, a audiência do evento tem caído anualmente. Para mudar isso, a Academia de Gravação terá que ouvir os artistas, ou corre o risco de perder a relevância.

Leia também: Grammy mais negro da história tenta superar racismo velado da premiação

O Grammy 2019
ocorrerá no próximo domingo (10) em Los Angeles, nos EUA. Ao todo, são 84 categorias, mas apenas uma pequena parcela será entregue ao vivo. No Brasil, a cerimônia será transmitida na TNT
a partir das 23h.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook

Entretenimento

Lei Rouanet vai mudar de nome e passará a ter teto de R$ 1 milhão

Publicado


Ministro osmar Terra fala ao microfone
Marcelo Camargo/ABr
Ministro da Cidadania, Osmar Terra anunciou mudanças na Lei Rouanet


Mudanças na lei que garante uma grande parte da produção cultural do Brasil começaram a ser anunciadas para valer nesta segunda-feira (22). Em vídeo publicado na página de Facebook do Ministério da Cidadania, o ministro Osmar Terra explica algumas das diretrizes da Lei de Incentivo à Cultura – o nome Lei Rouanet não será mais usado. Não ficou claro, ainda, quando as novas regras passam a valer. 

Leia também: Promessa de campanha, Bolsonaro reduz apoio à Cultura nos 100 primeiros dias

Conforme anunciado há duas semanas pelo presidente Jair Bolsonaro, o limite para captação de recursos pela Lei Rouanet
vai baixar de R$ 60 milhões para R$ 1 milhão por projeto. Já uma mesma empresa que apresentar várias propostas diferentes poderá receber, quando somados todos os eventos patrocinados, até R$ 10 milhões por ano. O teto, nesse caso, também era de R$ 60 milhões.

Haverá algumas exceções. Terra cita nominalmente exemplos como o Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas, e o Natal Luz, em Gramado (RS), poderão utilizar até R$ 60 milhões. Feiras de livros, restauração de patrimônio tombado, construção de teatros e cinemas em cidades pequenas, e planos anuais de identidades sem fins lucrativos, como museus e orquestras, também estão fora do limite de R$ 1 milhão, mas não há detalhes do teto para esses casos.

Leia também: Luan Santana diz que abandonou projeto após conhecer melhor a Lei Rouanet

Veja Também  Fernando troca muitos beijos com Maiara em sua festa de aniversário

“Com isso, vamos enfrentar a concentração de recursos nas mãos de poucos. Com o mesmo dinheiro, mas melhor distribuído, vamos ter muito mais atividades culturais e artistas apoiados, dando oportunidade para os novos talentos”, disse Osmar Terra
, a quem a Secretaria de Cultura é subordinada.

Mais ingressos gratuitos

A cota de ingressos gratuitos, que hoje é de 10%, deverá ficar entre 20% e 40%. Além disso, o valor dos ingressos populares terá que baixar de R$ 75 para R$ 50. Também haverá editais focados no incentivo à cultura regional, em parceria com as empresas estatais, e estímulo para que as 25 unidades da federação, com exceção de São Paulo e Rio de Janeiro, tenham mais recursos. O objetivo é desconcentrar os projetos patrocinados, que em sua maioria estão atualmente nesses dois estados.

Leia também: Escolas de samba do Rio receberão R$ 8 milhões da Lei Rouanet

Outro ponto citado é que os beneficiados pelos repasses terão que fazer ação educativa em escolas ou na comunidade, em parceria com as prefeituras.

Veja Também  Tráfico, prisão e mais: Belo chega aos 45 anos com polêmicas na bagagem

Terra afirmou ainda que as prestações de contas já feitas, tanto na Secretaria de Cultura como em outras áreas sob o guarda-chuva do Ministério da Cidadania
, serão passadas a limpo por um comitê. E que as prestações de contas daqui para a frente serão feiras “praticamente” em tempo real na internet.

“Os brasileiros, que estão cansados de ouvir falar dos abusos no uso dos recursos da Lei Rouanet
, podem ter certeza que isso está acabando. Vamos enfrentar a concentração de recursos públicos beneficiando poucos. Nossa nova lei de incentivo vai aumentar o acesso da população brasileira à cultura, especialmente para as pessoas mais pobres. Nossas ações também terão foco no estímulo ao surgimento de novos talentos, no fortalecimento de ações de inclusão social, formando profissionais na área artística e promovendo a cultura popular”, disse Terra. 

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Lembra dela? Ex-BBB Francine Piaia mostra nova silhueta após perder oito quilos

Publicado

Francine Piaia, ex-BBB 9 exibiu as novas curvas, após emagrecer oito quilos, por meio do programa de emagrecimento Thai 360. A apresentadora do “Transalouca”, da rádio Transamérica, conheceu a modelo Lizi Benites e seu marido, Galego, durante uma participação na rádio e acabou se interessando pelo desafio de oito semanas online, que visa eliminar peso e medidas com apenas 20 minutos de exercícios diários.

Leia também: Ex-BBB Francine sensualiza de lingerie e exibe corpo “violão”


Francine Piaia no espelho, de calça e top verdes
Divulgação/Agência Fio Condutor
Francine Piaia


“Eu estava insatisfeita comigo mesma, não queria mais sair de casa e estava psicologicamente abalada. Ninguém me falou nada, mas eu sabia que estava acima do peso
. Minhas pernas e costas doíam muito, meu intestino não funcionava direito, eu já havia tentado de tudo e nada dava certo”, confessou Francine Piaia
.

Leia também: Rízia do “BBB 19” sofre represálias após soltar indireta na web

Depois de finalmente conquistar uma silhueta mais esguia, Fran voltou a publicar fotos em suas redes sociais
e, além disso, revelou que ainda quer perder mais seis quilos para chegar ao corpo ideal.

Veja Também  “Mau Exemplo de Cameron Post” flagra violência emocional do conceito de cura gay

O antes de Francine Piaia, de top e shorts pretos
Reprodução/Instagram
Francine Piaia


Leia também: Vencedora do BBB 19, Paula é indiciada por preconceito religioso

“Foi muito difícil perder os três primeiros quilos, até pensei que a balança estivesse quebrada. Mas persisti e consegui eliminar oito. Estou muito feliz, até meu rosto e cintura estão mais finos. Antes, eu fugia das fotos nas redes sociais e agora fico feliz quando me olha no espelho”, revelou Francine Piaia
.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana