conecte-se conosco


Carros

Volkswagen Jetta GLI é apresentado com motor de 230 cv

Publicado


Volkswagen Jetta GLI: Mesmo sem previsão de chegar ao Brasil, pode adiantar a chegada de uma versão com este motor
Divulgação
Volkswagen Jetta GLI: Mesmo sem previsão de chegar ao Brasil, pode adiantar a chegada de uma versão com este motor

O Volkswagen Jetta GLI foi finalmente revelado por completo. Equipado com o mesmo motor do Golf GTI, o sedã esportivo será o sucessor do antigo Jetta 2.0 TSI conhecido pelo bom desmepenho. Revelado no Salão de Chicago (EUA), foi confirmado para o mercado norte-americano e argentino desde o ano passado, mas a Volkswagen ainda não bateu o martelo para o Brasil.

LEIA MAIS: Andamos na nova versão de entrada do VW Jetta, que custa menos de R$ 100 mil

Por fora, o Volkswagen Jetta GLI
utiliza bastante preto e vermelho no acabamento, da mesma forma que o VW Golf GTI
, com os pára-choques que foram redesenhados. Tem um pequeno spoiler no porta-malas e saídas duplas de escapamento redondas, ao invés de usar peças trapezoidais. A “cara” invocada do GLI traz uma grade colmeia preta, faróis de LED de série, rodas de 18 polegadas com design exclusivo e freios do Golf R.

Veja Também  Aceleramos os novos BMW Z4 e M850i no Autódromo de Interlagos

Como deve andar o Volkswagen Jetta GLI


Volkswagen Jetta GLI traz interior repleto de conectividade e adereços esportivos, além dos modos de condução
Divulgação
Volkswagen Jetta GLI traz interior repleto de conectividade e adereços esportivos, além dos modos de condução

Falando em performance, o GLI traz diferencial blocante nas rodas dianteiras, que ajuda nas curvas, enquanto a traseira recebeu suspensão independente multilink no lugar do eixo de torção usado no modelo 1.4 TSI. Isso ajudará o GLI a apresentar um desempenho mais esportivo. O grande destaque fica por conta do motor 2.0 turbo de quatro cilindros sob o capô, o mesmo usado no Golf GTI, com 230 cv e 35,7 kgfm.

LEIA MAIS: 5 coisas que ninguém te contou sobre o Volkswagen Tiguan Allspace

Para controlar esta potência, a Volkswagen oferece duas alternativas. Ele pode vir do jeito que os puristas gostam, com câmbio manual de 6 marchas, ou com o DSG de dupla embreagem e 7 marchas, que também adiciona o sistema start-stop para melhorar a economia de combustível.

Por dentro, o GLI é um Jetta bem equipado. O interior preto traz detalhes e costuras vermelhas e bancos de couro. De série, vem com bancos aquecidos, ar-condicionado automático, faróis automáticos, iluminação interna ajustável com 10 cores, sensor de chuva e chave presencial. Ainda traz um seletor de modo de condução com quatro opções, incluindo uma personalizável, permitindo que o motorista defina suas preferências para itens como a resposta do acelerador.

Veja Também  Bugatti revela novo supercarro de 1.600 cv e R$ 35,5 milhões

LEIA MAIS: Nova geração do VW Passat americano é apresentada no Salão de Detroit 2019

Por mais agressivo que pareça, o  sedã esportivo
ainda não será a versão mais quente do sedã. A Volkswagen planeja lançar um modelo de aniversário de 35 anos do modelo, que terá sistema de amortecedores adaptativos e um quinto modo de condução. Ele ainda terá rodas especiais e mais alguns detalhes exclusivos de acabamento, além do emblema comemorativo.

Nos EUA, o Volkswagen Jetta GLI
deve começar a ser vendido em março, com preços ainda não revelados. No Brasil, o grande mistério é se a fabricante irá oferecer o Jetta com motor 2.0 TSI nesta versão esportiva, ajudando a separar do restante da linha com motor 1.4 TSI de 150 cv; ou se seguirá a estratégia usada até a geração anterior, equipando a versão Highline com o motor de 230 cv, mas sem o visual invocado.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook

Carros

SUV-cupê do VW Polo projetado no Brasil será global, confirma executivo

Publicado

source

Motor Show

Projeção:João Kleber do Amaral

Motor Show já havia publicado com exclusividade a chegada de um novíssimo SUV cupê derivado do Volkswagen Polo ( CONFIRA AQUI TODOS OS DETALHES ), que foi chamado internamente — e mostrado em uma apresentção á imprensa sem imagem, apenas com o código “CUV”. Agora, a fabricante acabar de confirmar que a novidade será global.

LEIA MAIS: Ford prepara novo EcoSport para 2021 com a marca chinesa Changan, diz site

“Achamos o carro muito bonito e bacana”, declarou, nesta quinta-feira (15), Ralf Brandstätter, chefe global de Operações.

Projeção:João Kleber do Amaral

O lançamento está previsto para o próximo ano, que estuda a possibilidade de fabricá-lo também na Alemanha. Assim como o Polo/Virtus, o SUV cupê será feito sobre uma variação da plataforma modular A0. Sob o capô, o responsável por impulsioná-lo será o motor 1.0 TSI associado ao câmbio automático de seis marchas para entregar 128 cv de potência. Variantes 1.4 TSI não estão descartadas.

LEIA MAIS: Segredo! VW prepara versão do VW T-Cross com jeito de cupê

Projeção:João Kleber do Amaral
Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Veja Também  Bugatti revela novo supercarro de 1.600 cv e R$ 35,5 milhões
Continue lendo

Carros

Kia prepara nova picape média na categoria de Hilux, Ranger e S10

Publicado

source
Kia Telluride arrow-options
Newspress
Picape média da Kia poderá ter linhas baseadas no SUV Telluride mostrado em janeiro durante o Salão de Detroit (EUA)

A Kia já iniciou a etapa de projetos para uma nova picape média na mesma categoria de Chevrolet S10, Ford Ranger e Toyota Hilux ao mercado australiano, informa o site americano Cars Guide. O chefe de operações da marca no país, Damien Meredith, confirmou à publicação que o projeto incluirá versões de cabine simples e dupla, e provavelmente será um carro global.

LEIA MAIS: Jeep não terá SUV menor que o Renegade no Brasil, diz executivo

Outra fonte ligada ao grupo coreano que também inclui a Hyundai contou ao Cars Guide que o novo produto “precisa ser de interesse internacional para receber aprovação”. Dessa forma, podemos imaginar que a nova picape da Kia poderá aparecer em outros continentes, mas ainda é cedo para cravar se viria ao Brasil. Ela também não terá sua estrutura compartilhada com a compacta Santa Cruz .

LEIA MAIS: VW Tarok: nova picape deverá ser fabricada na Argentina em breve

Meredith antecipou à publicação que a Kia pretende assegurar 10% do mercado de picapes médias na Austrália com opções a gasolina e turbodiesel. Um conceito também deverá ser apresentado no segundo semestre de 2020, com mais informações sobre o que está por vir.

Veja Também  Dez equipamentos que todo carro deveria ter

Hyundai também se move

Hyundai Santa Cruz arrow-options
Divulgação
Hyundai Santa Cruz será a nova picape intermediária da marca coreana. Ainda não é certa para o Brasil

No início do ano, foi confirmada a fabricação da nova picape intermediária da Hyundai nos Estados Unidos. Baseada no conceito Santa Cruz de 2015, será vendida na mesma categoria de Fiat Toro e Renault Duster Oroch, abaixo dos modelos médios.

LEIA MAIS: Hyundai Santa Cruz tem produção confirmada nos Estados Unidos

Executivos americanos confirmam que o modelo da Hyundai será vendido exclusivamente no arranjo cabine dupla, com capacidade para levar até 5 passageiro, e caçamba que poderá ser equipada com extensores, trilhos, ganchos de amarração e outros. Quanto à sua mecânica, se as decisões não mudarem para quando virar modelo de produção, seguirá com o 2.0 turbodiesel de 190 cv (que não deverá ser oferecido fora da América do Norte), além de 1.6 turbo com 204 cv ou a 2.4 aspirado de 185 cv, ambos a gasolina.

Fonte: Cars Guide

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana