conecte-se conosco


Várzea Grande

Prefeitura e Rotary estreitam novas parcerias no segmento social

Publicado

Representantes dos clubes de Rotary de Várzea Grande acompanharam a Governadora (2018-2019) do Distrito 4440, Marly de Fátima Ferreira a uma visita de cortesia a prefeita Lucimar Sacre de Campos, nesta quinta-feira (07). A passagem da governadora Marly teve como objetivo tratar sobre as ações que estão sendo realizadas pelos clubes de serviço locais, além de estreitar as parcerias já existentes com a Prefeitura Municipal de Várzea Grande. A governadora aproveitou a oportunidade para divulgar a Conferência Rotariana Distrital Águas do Rio Paraguai, evento que será realizado de 23 a 25 de maio em Cáceres.

Com o lema “O Rotary faz a diferença”, a governadora propôs um elo de comunicação entre os clubes e a Prefeitura, para que todos os esforços sejam voltados ao atendimento das necessidades da comunidade na melhoria da qualidade de vida da população de Várzea Grande. “Além de fazer uma visita de cortesia, nosso objetivo foi colocar a entidade à disposição da municipalidade. O lema do Rotary é dar de si antes de pensar em si, e é nesta linha que iremos seguir sempre”, frisou a governadora Marly de Fátima.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos agradeceu a visita e parabenizou o Rotary Clube pelos relevantes serviços prestados às comunidades. “O Rotary Clube é uma entidade muito atuante, onde voluntários somam esforços para melhorar a vida das pessoas, em especial, os mais necessitados. São ações nobres, dignas de todo reconhecimento e apreço”, salientou a prefeita.

Veja Também  Várzea Grande formaliza doação de área do Fórum do Trabalho

Na ocasião, discutiram também sobre a atuação do Rotary nas comunidades e novos projetos que visam aumentar o número de companheiros no município, incentivando jovens e famílias a participarem e garantindo a continuação futura do trabalho exercido pelo clube.

Por:

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook

Várzea Grande

Várzea Grande formaliza doação de área do Fórum do Trabalho

Publicado

Exortando a importância da Justiça do Trabalho para a população brasileira, a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, formalizou em definitivo e sem impedimentos, a doação da área aonde hoje funciona o Fórum Trabalhista local com três varas e uma das mais importantes unidades em Mato Grosso.

A formalização oficial aconteceu em ato público com a presença da presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, desembargadora Eliney Bezerra Veloso, da superintendente do Patrimônio da União em Mato Grosso, Lucimara Rodrigues Cordeiro Tavares e do senador Jayme Campos, além de secretários municipais e os vereadores Rodrigo Coelho e Jânio Calistro.

Segundo informações do Tribunal Regional do Trabalho 23ª Região em Mato Grosso, a Justiça do Trabalho tem os seguintes números:

Possui 11 varas do trabalho entre as 25% com melhor desempenho no Índice Nacional de Gestão de Desempenho;É um dos que julga mais rápido as ações trabalhistas. O tempo é 36% menor em Mato Grosso que no restante do país;Recebeu 41 mil processos em 2018 e garantiu o pagamento de R$ 370 milhões aos trabalhadores; Promoveu a conciliação (resolução amigável) de quase metade das ações trabalhistas (46%).

A prefeitura de Várzea Grande consolidou o processo de doação, com força de escritura pública, de um terreno à União. No local funciona desde 2014 a sede do Fórum da Justiça do Trabalho com Três Varas Trabalhistas. A doação teve início em 2011, por meio de uma proposição do Executivo aprovada pela Câmara Municipal.

O contrato entre a prefeitura e a União tem como objeto um terreno de 3,6 mil metros quadrados (m²) e está assinado pela prefeita Lucimar Sacre de Campos e a superintendente do Patrimônio da União no Estado de Mato Grosso, Lucimara Rodrigues Cordeiro Tavares.

Presente ao ato que consolidou a doação do imóvel, a Desembargadora-Presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 23ª Região, Eliney Bezerra Veloso, lembrou que a sede foi construída pelo Tribunal e que a obra permitiu que Várzea Grande passasse a ter uma sede própria, com conforto e atendimento digno às demandas trabalhistas locais.

Veja Também  ESCOLA MILITAR TIRADENTES

“A parceria entre as duas instituições segue e o ato de hoje só confirma o comprometimento que a atual gestão tem para com o desenvolvimento da justiça do Trabalho”. A sede do Foro Trabalhista de Várzea Grande está localizada na Rua Eurico Gaspar Dutra – esquina com a Rua Presidente Prudente de Morais, S/Nº (próximo à antiga Previvag), no Jardim Aeroporto.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos disse que o rito final desse processo burocrático, mesmo saindo apenas agora, após anos de trâmites, legaliza a doação e traz segurança jurídica para novos investimentos que o TRT ou a União queiram realizar no Município. “Como disse a desembargadora Eliney, a sede várzea-grandense começou a funcionar com duas Varas trabalhistas e agora dispõe de três. Esse contrato é fruto de um trabalho de união e que resulta em ações que levam melhorias à população, com a maior e melhor oferta de serviços”.

A superintendente de Patrimônio da União, Lucimara Tavares frisou durante a assinatura que o contrato consolida, em definitivo, a doação do imóvel ao Tribunal do Trabalho. “A sede bem atende à população que necessita da justiça trabalhista”.

Presente ao ato, o senador Jayme Campos, destacou que a formalização de uma escritura pública que comprova a legalidade da doação é um importante instrumento de gestão, tanto para União como ao TRT e principalmente à prefeitura, a doadora do imóvel. “Nosso vínculo com a justiça do Trabalho é antigo”, lembrou o senador, que na época em que foi governador do Estado, nos anos 90 – doou uma área dentro do Centro Político Administrativo para construção da sede do TRT da 23ª Região, prédio público que hoje ocupa posição estratégica na Avenida Rubens de Mendonça.

A prefeita disse que essa preocupação com a legalidade dos atos administrativos, sejam eles os mais rotineiros do Executivo, é que têm permitido que a sua gestão conquiste êxito em várias áreas. “Desde o ajuste fiscal à busca por fontes de financiamentos. É com rigor e zelo que temos um plano de ação com mais de 150 obras em plena execução e um planejamento estratégico que nos permite pensar em projetos de longo prazo para nossa cidade. Somente o PAC terá aplicado quase R$ 500 milhões em obras estruturantes que vão colocar fim a problemas antigos da nossa cidade como a falta de água, por meio da universalização, e pavimentação de bairros e ampliar a taxa de esgoto coletado e tratado, que hoje está em menos de 20% e irá ao fim de quatro anos para cerca de 70%”.  Sobre a austeridade de gastos, a prefeita completou dizendo que recursos gerados por meio do pagamento de impostos estão sendo revertido à sociedade. “Áreas essenciais como saúde, educação e infraestrutura estão em plena evolução em Várzea Grande, sejam com obras de construção, reconstrução, reformas, aparelhamento, pessoal, materiais e principalmente, manutenção”.

Veja Também  Várzea Grande formaliza doação de área do Fórum do Trabalho

A desembargadora-presidente do TRT da 23ª Região, Eliney Bezerra Veloso, lembrou da efetiva e determinante participação do senador Jayme Campos como amigo da Justiça do Trabalho, ao destravar em seu primeiro mandato entre 2007/2015, recursos que permitiram a construção de muitos dos Fóruns Trabalhistas existentes em Mato Grosso.

“Nossas histórias de efetivo trabalho em prol da Justiça do Trabalho com o então governador, hoje senador Jayme Campos, é a mais profícua possível e nossa grata satisfação se repete agora com o mandato da prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, que repete o mesmo zelo e cuidado com a coisa pública, visando atender não apenas a Justiça do Trabalho, mas a toda população que necessita dos seus serviços para ver seus direitos validados, isto sim é importante e democratizar a relação trabalho, trabalhador, empregador e Poder Público”, disse a desembargadora-presidente.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Várzea Grande

ESCOLA MILITAR TIRADENTES

Publicado

A Prefeitura de Várzea Grande e a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso estão formalizando uma parceria que poderá resultar em duas ações concretas, a construção de uma unidade da Escola Militar Tiradentes entre o Governo do Estado, Polícia Militar e Município de Várzea Grande e a desafetação de quatro ruas que hoje já se encontram nas áreas da Academia Militar Costa Verde e do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP).

O CFAP é um estabelecimento de ensino de nível médio da Corporação, de regime especial, destinado a formar, aperfeiçoar e especializar praças da PM, com o objetivo de desenvolver e aprimorar os atributos morais e profissionais indispensáveis ao desempenho das atividades policiais militares. O Centro está subordinado à Diretoria de Ensino Instrução e Pesquisa (Deip).

Reuniram-se com a prefeita Lucimar Sacre de Campos, o Coronel Wesney Sodré, Comandante Geral Adjunto; Coronel Ronelson Barros, Diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa; Tenente Coronel Agilson Azizes, Diretor Adjunto de Ensino, Instrução e Pesquisa e o Tenente Coronel Wellington Prado, Comandante da Academia Militar Costa Verde, aonde está instalado o CFAP.

Veja Também  ESCOLA MILITAR TIRADENTES

“Vamos providenciar a desafetação destas ruas que são importantes para a Academia Militar Costa Verde e iniciar entendimentos visando transformar uma parceria para construção de uma unidade escolar estadual e municipal que funcionará como uma extensão da Escola Militar Tiradentes”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos para quem, agregar valores através da Polícia Militar é fundamental na formação de jovens do amanhã.

Os vereadores Joãozito de Barros e Neni Chimarrão, participaram da reunião sinalizando que irão trabalhar para que o quanto antes essas duas propostas sejam colocadas em prática.

Também estiveram no evento, os secretários de Governo, Kalil Baracat de Arruda, e de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, José Roberto Castro Pinto, que receberam da prefeita a incumbência de acelerar tanto a desafetação das ruas solicitadas, bem como a formalização de um convênio com o Governo do Estado para que uma unidade da Escola Militar Tiradentes seja instalada em Várzea Grande.

Por: Da Redação – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana