conecte-se conosco


Sem categoria

Asfalto no bairro São Matheus em Várzea Grande

Publicado

Asfalto do São Matheus

Posted by Serginho Alliend on Tuesday, February 5, 2019

Comentários Facebook

Sem categoria

PM atende quase 20 mil ocorrências nos 3 primeiros meses de 2019 em MT

Publicado

A Polícia Militar atendeu 19.507 ocorrências nos três primeiros meses de 2019. O número foi apresentado na manhã desta sexta-feira (12.04), pelo comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, no auditório do Comando Geral.

Os números incluem 397 prisões por mandados em aberto e 2.994 prisões em flagrante, 453 apreensões de armas de fogo e 89 de simulacros de arma. No total, 9.335 pessoas conduzidas à delegacia e foram registradas 664 ocorrências de tráfico de drogas. No trânsito, quase 22 mil pessoas foram abordadas e 3.341 testes de alcoolemia foram realizados.

O coronel Assis destacou que os números mostram as ações ostensivas e de repressão a criminalidade, que buscam combater o crime na hora em que ele acontece. “Muita das ocorrências foram registradas logo depois do crime praticado, ou horas depois. Graças ao empenho da tropa na rua, os dados são significativos”. Ele destacou os 639 veículos que foram localizados ou recuperados neste ano.

De acordo com o comandante-geral, a ideia é continuar realizando operações. Somente neste ano, 17 operações já foram realizadas em todo o Estado, mas é preciso abrir novas frentes de trabalho. “O crime é mutável, por isso trabalhamos com inteligência interligada com os demais órgãos da Segurança Pública, para que possamos empregar o policiamento de forma mais efetiva”.

Polícia cidadã

Outras ações destacadas pelo coronel Assis foram aquelas que salvaram vidas de crianças e adultos, em ocorrências de afogamentos e primeiros-socorros. Ele também lembrou as ações em escolas da rede pública e privada, como Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e a Operação Escola Segura, com policiamento ostensivo no entorno das unidades.

Também foi ressaltado o trabalho da Patrulha Maria da Penha, desenvolvido com a participação do Judiciário, Ministério Público e outras entidades, para coibir a violência doméstica e proteger as suas vítimas. “Queremos que a sociedade confie na PM, que é formada por homens e mulheres, pais e mãos de família. São cidadãos comuns que sonham em viver e harmonia, assim como qualquer pessoa”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Sem categoria

Bolsonaro se solidariza com Danilo Gentili, condenado por injúria

Publicado

Humorista recebeu pena de seis meses e 28 dias de prisão em regime semiaberto por fala contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS)

O presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) solidarizou-se com o humorista Danilo Gentili, condenado a seis meses e 28 dias de prisão em regime semiaberto por injúria à deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).

“Me solidarizo com o apresentador e comediante @DaniloGentili ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo, mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros”, escreveu Bolsonaro. Danilo Gentili agradeceu.

Danilo Gentili

@DaniloGentili

Muito honrado!
Assim como nunca imaginei um dia ser condenado à prisão por protestar contra censura nunca imaginei também contar com apoio presidencial.

Também fico aliviado por entender que esse post significa um registro do compromisso do governo com a liberdade de expressão.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Me solidarizo com o apresentador e comediante @DaniloGentili ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo, mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros.

Em 2016, o apresentador do SBT publicou uma série de tuítes chamando Mario do Rosário de “falsa”, “cínica” e “nojenta”. Ao receber uma notificação extrajudicial pedindo que apagasse as mensagens, o humorista gravou vídeo rasgando o documento e colocando-o dentro das calças.

A sentença condenatória foi proferida pela 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo e cabe recurso. No processo, a defesa afirmou que as publicações tinham intenção humorística, justificativa que não foi aceita pela juíza federal Maria Isabel do Prado.

Ofensas à deputada gaúcha também renderam uma condenação ao presidente Bolsonaro. Em março, ele teve um recurso negado no Supremo Tribunal Federal e foi condenado a pagar uma multa de 10 mil reais por danos morais contra Maria do Rosário.

Em 2014, Bolsonaro disse que não estupraria Maria do Rosário pois ela não mereceria, “porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria. Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece”.

A mesma declaração rendeu uma denúncia criminal oferecida pela Procuradoria-Geral da República em que Bolsonaro responde por injúria, apologia e incitação ao crime de estupro. Com a posse na Presidência da República, o processo foi suspenso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana