conecte-se conosco


Policial

Em Poconé, suspeito de roubar fazenda e estelionatário são presos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Investigadores da Delegacia da Polícia Civil de Poconé prenderam dois homens na sexta-feira (11), sendo em cumprimento de mandado de prisão por crime de roubo e outro em flagrante pela prática de estelionato de venda de um veículo pela internet.

O suspeito, Jean Carlos Gonçalves Neto, teve o mandado de prisão temporária cumprido por roubo em fazenda, na zona rural do município. Ele também responde por corrupção de menores, por empregar menores no crime ocorrido em novembro de 2018. Após ser notificado da ordem de prisão, o suspeito encontra-se sob responsabilidade do Sistema Prisional para ser apresentado em audiência de custódia.

O segundo preso trata-se de Weverton Marques de Souza, 29 anos, conhecido por Pituca. Ele foi preso por estelionato.  A prisão ocorreu dentro da agência bancária, quando o suspeito tentava sacar dinheiro proveniente de uma golpe.

Funcionários do banco acionaram a Polícia Civil, após a vitima moradora do estado da Bahia ver um anúncio de venda de um veículo em um site da OLX. A vítima, depois de negociar a compra, depositou o dinheiro na conta informada pelo anunciante, mas quando foi buscar o carro, constatou que havia caído no golpe.

Veja Também  DERRFVA recaptura foragido de latrocínio de lava jato do Consil

Imediatamente, a vítima registrou boletim de ocorrência e informou o banco sobre o depósito  R$ 19.485.00, na conta de Weverton Marques, que foi preso no momento que tentou sacar uma segunda parte do dinheiro. No dia anterior, quinta-feira (10), conseguiu tirar R$ 10 mil.

Já na segunda tentativa a conta estava bloqueada devido a comunicação da vítima. Ele foi conduzido para Delegacia e autuado em flagrante delito. O  preso será encaminhado para audiência de custódia.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Força tarefa prende Barra do Bugres três integrantes de facção criminosa

Publicado

Assessoria| PJC-MT

Três integrantes de uma organização criminosa, um deles com três mandados de prisão em aberto, foram presos em uma ação conjunta da Força Tarefa, composta pela Polícia Judiciária Civil, Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A ação ocorreu na sexta-feira (18.01), em Barra do Bugres e levou a prisão os suspeitos, Gustavo Araujo Oliveira, 22, conhecido como ”Oreia”, João Antonio Ribeiro Quirino da Rocha, 24, e C.M.C.S., 31,  autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação criminosa.

Durante a operação denominada “Veranun”, as equipes policiais receberam denúncia do para do suspeito Gustavo, procurado com três mandados de prisão em aberto. Segundo informações, o comparsa do suspeito (João Antonio) estava em posse de uma arma de fogo e de um simulacro de arma de fogo e que possivelmente os denunciados iriam praticar roubos na região.

Veja Também  DERRFVA recaptura foragido de latrocínio de lava jato do Consil

Ao avistar as forças policiais, Gustavo tentou fugir subindo no forro da residência porém acabou detido pelas equipes de Segurança. Em buscas no interior da casa, os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 22, um simulacro de arma de fogo, além de 15 porções de pasta base de cocaína. Diante da situação, os três suspeitos que estavam na casa foram conduzidos a Delegacia de Barra do Bugres, onde foi lavrado o flagrante.

Gustavo era foragido da Justiça, acusado de participação no furto a agência do Banco do Brasil de Tapurah, ocorrido no dia 03 de dezembro de 2018. O suspeito C.M.C.S. é apontado como líder de uma facção criminosa atuante em Barra do Bugres.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

SOBREAVISO COMUNICAÇÃO

Publicado

A Assessoria de Comunicação Social da PJC informa que o sobreaviso deste final de semana está sob responsabilidade da servidora Camila Molina, para liberação de matérias factuais e urgentes, no período matutino, e atendimento de caráter EMERGENCIAL à imprensa, nas demandas que necessitam de assessoramento  ou resposta institucional. O telefone de contato é (65) 9 9962-4271.

Comentários Facebook
Veja Também  DERRFVA recaptura foragido de latrocínio de lava jato do Consil
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana