conecte-se conosco


Policial

Deletran indicia por homicídio doloso motorista de veículo que causou a morte de duas pessoas por andar na contra-mão

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito de Cuiabá indiciou o motorista de aplicativo Uber que matou um casal na Avenida da Feb em Várzea Grande, no dia 28 de outubro de 2018. O condutor do veículo Voyage, Eduardo Nilson Amorim Leal, 23 anos, andou quase 2 quilômetros na contra-mão e em alta velocidade causando a morte das vítimas Airton Batista da Silva, 49,  e Rosilda Batista da Silva, 51 anos.

O motorista vai responder por duplo homicídio doloso, sujeito a penas que vão de 6 a 20 anos de reclusão para cada vítima, sem prejuízo da responsabilização pelas lesões graves causadas a um casal de motociclista que também envolvido no acidente.

O acidente ocorreu por volta da meia noite de 28 de outubro (domingo). O motorista da Voyage trafegava na contra-mão pela Avenida da Feb, sentido posto zero km. Segundo informação, o veículo começou a andar na contra-mão desde as proximidades do aeroporto. No percurso colidiu com vários veículos até que chegando perto de uma empresa (Pemaza) colidiu em uma motocicleta, causando lesão grave tanto no condutor (C.E.F.D., 20 anos) quando no garupa (F.M.F., 21 anos).

Veja Também  Solenidade empossa novo delegado geral da Polícia Civil e diretores adjuntos

Em seguida, colidiu de frente com o veículo Gol, o que causou a morte do condutor   Airton Batista da Silva e da passageira, Rosilda Batista da Silva.

O Gol assim como a motocicleta trafegavam no  sentido Cuiabá ao aeroporto Marechal Rondon.O motorista causador do acidente vinha no sentido contrário, causando o acidente de proporções gravíssimas, que vitimou o casal e lesionou   outras duas pessoas na  motocicleta.

O motorista, na ocasião do acidente, saiu entubado do local do acidente. Eduardo Nilson Amorim Leal já deixou o hospital e ainda será ouvido na Delegacia, para explicar os motivos que o levaram a andar na contra-mão,  causando o grave acidente com duas vitimas fatais e lesão em outras duas.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Força tarefa prende Barra do Bugres três integrantes de facção criminosa

Publicado

Assessoria| PJC-MT

Três integrantes de uma organização criminosa, um deles com três mandados de prisão em aberto, foram presos em uma ação conjunta da Força Tarefa, composta pela Polícia Judiciária Civil, Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A ação ocorreu na sexta-feira (18.01), em Barra do Bugres e levou a prisão os suspeitos, Gustavo Araujo Oliveira, 22, conhecido como ”Oreia”, João Antonio Ribeiro Quirino da Rocha, 24, e C.M.C.S., 31,  autuados em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação criminosa.

Durante a operação denominada “Veranun”, as equipes policiais receberam denúncia do para do suspeito Gustavo, procurado com três mandados de prisão em aberto. Segundo informações, o comparsa do suspeito (João Antonio) estava em posse de uma arma de fogo e de um simulacro de arma de fogo e que possivelmente os denunciados iriam praticar roubos na região.

Veja Também  Polícia Civil prende assaltante que atuava em Várzea Grande

Ao avistar as forças policiais, Gustavo tentou fugir subindo no forro da residência porém acabou detido pelas equipes de Segurança. Em buscas no interior da casa, os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 22, um simulacro de arma de fogo, além de 15 porções de pasta base de cocaína. Diante da situação, os três suspeitos que estavam na casa foram conduzidos a Delegacia de Barra do Bugres, onde foi lavrado o flagrante.

Gustavo era foragido da Justiça, acusado de participação no furto a agência do Banco do Brasil de Tapurah, ocorrido no dia 03 de dezembro de 2018. O suspeito C.M.C.S. é apontado como líder de uma facção criminosa atuante em Barra do Bugres.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

SOBREAVISO COMUNICAÇÃO

Publicado

A Assessoria de Comunicação Social da PJC informa que o sobreaviso deste final de semana está sob responsabilidade da servidora Camila Molina, para liberação de matérias factuais e urgentes, no período matutino, e atendimento de caráter EMERGENCIAL à imprensa, nas demandas que necessitam de assessoramento  ou resposta institucional. O telefone de contato é (65) 9 9962-4271.

Comentários Facebook
Veja Também  Polícia Civil prende assaltante que atuava em Várzea Grande
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana