conecte-se conosco


Mulher

Consumo consciente na joalheria

Avatar

Publicado

É muito comum que as pessoas tenham guardado peças em ouro antigas, que ganharam no nascimento, aniversários ou herdaram de alguém da família. Na maioria das vezes essas peças têm valor sentimental. Por isso, a primeira pergunta para quem pensa em fazer uma transformação é: você usaria essa peça em alguma ocasião da sua vida? Se a resposta for não, então é hora de transformar e aplicar o consumo consciente na joalheria!

Leia também: Confira 8 dicas de onde comer em Whistler, Canadá


DFK Joias - depois do brinco que virou anel
Divulgação

DFK Joias – depois do brinco que virou anel


DFK Joias - antes do brinco que virou anel
Divulgação

DFK Joias – antes do brinco que virou anel

Deborah Kovari, fundadora da DFK Joias, explica que “a ideia é sempre usar o máximo possível da matéria prima que o cliente nos traz: ouro e pedras! Dessa forma, o “sentimental” da peça é mantido, mas com uma aparência mais moderna, mais atual. Além disso, ao usar o ouro e as pedras dos clientes, é cobrada apenas a mão de obra. Isso faz com que a pessoa tenha uma joia nova, sentimental, e ao mesmo tempo com um melhor custo beneficio do que se ela fosse comprar algo novo! Isso que é consumo consciente na joalheria”.

A maioria dos clientes pedem anéis nas transformações. Isso porque as peças antigas que eles possuem normalmente são brincos com um lado só, ou uma pedra solta. Nesses casos, os anéis ficam num valor mais baixo para transformar. No caso de um brinco, muitas vezes é necessário adicionar mais ouro ou comprar uma pedra similar à antiga para compor o par, e isso encarece o serviço.

Leia também: Confira 5 dicas para o começo de 2019


DFK Joias - Antes
Divulgação

DFK Joias – Antes

Por terem valor sentimental, os projetos de transformação puxam sempre pra peças mais clássicas e atemporais. Os clientes não gostam de ousar muito no design – querem algo que não sairá de moda e que poderão usar sempre, finaliza a joalheira.

Leia também: Dicas de quatro livros sobre tecnologia lançados por Hacker ético


DFK Joias - Depois
Divulgação

DFK Joias – Depois

A partir do dia 15 de janeiro, Debora estará sempre nas terça-feiras na Thelure da Oscar Freire, para apresentar o serviço especial de transformação de joias antigas, uma forma de trazer à tona o consumo consciente na joalheria, com hora marcada.

Comentários Facebook

Mulher

5 bebidas para tomar antes de dormir e perder peso durante o sono

Avatar

Publicado

source

Pode parecer inacreditável, mas é real: certas bebidas, se tomadas antes de dormir, ajudam nosso corpo a perder peso , ainda que durante o sono! De acordo com o portal The Sun , além de auxiliar na perda de gordura especialmente ao redor da barriga, esse hábito reduz os níveis de estresse e faz o sono ter mais qualidade. Conheça as bebidas que te ajudam a emagrecer enquanto dorme.

Leia mais: Quer emagrecer em 2020? Veja os alimentos que não podem faltar na sua geladeira

Alguns hábitos adotados antes de dormir ajudam na melhora do sono e redução de gordura corporal arrow-options
Reprodução/TheSun

Alguns hábitos adotados antes de dormir ajudam na melhora do sono e redução de gordura corporal

1. Leite

Beber dois copos de leite por dia já ajuda a perder peso, conforme um estudo feito em 2010 por pesquisadores da Universidade de Negev, em Israel. A pesquisa descobriu que os adultos que bebiam uma média de dois copos de leite por dia, além de terem níveis mais altos de vitamina D e cálcio, perdiam cerca de 6 kg após dois anos do hábito.

O leite possui um aminoácido chamado triptofano, que tanto ajuda a dormir quanto a emagrecer . Ele cria a substância melatonina, conhecida por induzir o sono, e também diminui os níveis de cortisol das pessoas, o que provoca emagrecimento.

2. Chá de camomila

É claro que esse chá não é chamado de “chá do sono” à toa. Para dormir, ele é utilizado há séculos, graças a ingredientes como apigenina e bisabolol.

Hoje em dia, o chá de camomila é usado para aliviar espasmos musculares, além de melhorar cólicas abdominais, síndrome do intestino irritável, indigestão e gases. Por se tratar de uma substância antioxidante, ajuda na queima de gordura .

3. Suco de uva

Apenas um copo de suco de uva 100% ajuda as pessoas a emagrecerem durante o sono. Uma pesquisa sobre o assunto afirmou que os carboidratos simples encontrados no suco de uva desencadeiam a secreção de insulina pela noite. 

Leia mais: Com método próprio, empreendedora consegue emagrecer 24 kg em 3 meses

Isso faz com que o ritmo circadiano do corpo seja regulado, ou seja, os ciclos de 24 horas que ditam desde quando sentiremos sono até quando as células imunológicas estão mais ativas.

As uvas também são antioxidantes e convertem calorias armazenadoras de gordura em calorias que ajudam a queimá-la.

4. Shake de proteína de soja

Embora muitas pessoas pensem que os shakes da proteína de soja só ajudam a levantar peso na academia, eles também são perfeitos para quem quer emagrecer.

Isso acontece porque em todas as suas formas, a soja é cheia do aminoácido triptofano, presente também no leite. Como já dito acima, esse aminoácido diminui os níveis de cortisol, o que auxilia na eliminação de gordura .

É verdade que o nosso metabolismo diminui durante o sono, mas continua funcionando, o que significa que o seu shake será absorvido a partir do momento que você adormecer.

5. Kefir

O kefir é uma bebida láctea, parecida com o iogurte, feita com leite fermentado e originária das montanhas do Cáucaso. Os mesmos benefícios do leite para a saúde são encontrados nela, que é rica em cálcio e proteína. No entanto, como benefício adicional, essa bebida tem a presença dos probióticos.

Eles são “bactérias amigáveis” que aliviam os sintomas da síndrome do intestino irritável e reduzem o desconforto e inchaço digestivo.

Leia mais: Quer emagrecer rápido? Experimente incluir esses 5 alimentos na rotina

A bebida é ainda especialmente boa para melhorar o sono e o desempenho em exercícios físicos, dando um reforço para quem realiza atividades pensando em perder peso .

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Mulher que sentia extrema dor no sexo diz que lubrificante de maconha “a salvou”

Avatar

Publicado

source

A britânica Emma Alitt, de 24 anos, diz que um lubrificante à base de cannabis – um dos princípios ativos da maconha – foi o responsável por “mudar sua vida sexual”. De acordo com ela, até os 22, a experiência sexual com penetração era “tão dolorosa que era mais fácil fingir que era lésbica”. 

emma arrow-options
Reproduçao/DailyMail

Emma diz que lubrificante de maconha mudou sua visão sobre o sexo

Ao portal DailyMail, Emma explica que sofre de uma doença conhecida como vaginismo, que causa a contração involuntária dos músculos da vagina, tornando o sexo difícil e doloroso. Devido às péssimas experiências, o caso de Emma foi agravado por uma condição psicológica que dificultava ainda mais sua vida.

“Eu desenvolvi muito medo de homens e sentia que era incapaz de experienciar o que as pessoas dizem ser a parte mais íntima de um relacionamento ”, conta ela. A ansiedade social fez com Emma se isolasse não apenas de encontros amorosos, mas da maioria dos seus amigos, mesmo as mulheres. 

Leia mais: Quase uma em cada 10 mulheres sente dor durante a relação sexual, diz pesquisa

Além disso, a autoestima da jovem também foi prejudicada. “Eu não sabia o que havia de errado comigo e comecei a odiar meu corpo”, recorda. “Os garotos me chamavam para sair e eu não sabia o que dizer, então inventei que era lésbica”, diz. 

Após o diagnóstico, que chegou quatro anos após o início da vida sexual, Emma iniciou um tratamento físico e psicológico. “Precisei redescobrir minha relação com o sexo, parar de antecipar a dor e aprender a relaxar’, explica a britânica. 

Um medicamento específico, porém, ganhou destaque na vida da garota. De acordo com ela, foi um lubrificante à base de canabidiol, um dos ativos presentes na maconha, que ajudou seu quadro a regredir. “Eu não queria um analgésico forte. Queria um produto que me ajudasse a aproveitar o sexo de maneira natural o que, pela primeira vez na vida, consigo fazer’, diz. 

O produto, que tem venda legal na Europa, pertence a um fabricante chamado Havn Hemp, especializado em medicamentos à base de CBD. Além do componente, o lubrificante à base de água combina princípios ativos de outras ervas e flores. 

Para se adaptar ao uso, Emma conta que começou devagar com o atual namorado. “Usamos primeiro como um óleo de massagem, depois fomos avançando aos poucos até o perceber que não sentia dor”, explica. “Hoje eu uso absolutamente todas as vezes em que faço sexo ”, diz. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana