conecte-se conosco


Mato Grosso

Migrantes venezuelanos recebem apoio e capacitação

Publicado

A interiorização foi a estratégia adotada pelo Governo Federal para proporcionar melhores condições aos migrantes venezuelanos que querem viver e trabalhar no Brasil. A estratégia tem apoio técnico de agências das Nações Unicdas (ACNUR e OIM) e o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social.

Nosbaldo José Gonzalez, de 37 anos, advogado, licenciado em direitos humanos chegou em Cuiabá com a esposa e deixou seis filhos com a sogra na Venezuela. A expectativa dele é trabalhar e poder trazer os filhos. “A situação na Venezuela está muito forte, principalmente com relação a comida e ao trabalho. Sou muito agradecido ao governo do Brasil e a ONU que tem nos acolhido”, disse.

A Setas acompanha o processo desde seu início por meio da Superintendência da Família e Serviços Socioassistênciais (SFSS), que integra o comitê receptivo de acolhimento. Os migrantes ficam na Pastoral por um período de 45 dias. Esse é uma etapa de adaptação à cidade e também período de inclusão.

O casal José Rafael Lista e Johanna Gomez chegou a Cuiabá e juntos participaram do curso de produção de biscoitos. “Fomos muito bem recebidos por todos aqui. O curso está nos ajudando muito, estamos aprendendo bastante coisa”, disse a venezuelana de 43 anos.

Veja Também  Ausência de segregação de funções em Colíder gera determinação a prefeito

Aulas de português, técnicas de empreendedorismo e noções sobre direitos trabalhistas são outros temas abordados na casa. A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o Centro Universitário de Várzea Grande (Univag) e a Universidade de Cuiabá (Unic) são exemplos de instituições que oferecem cursos na Pastoral.

Os dois já realizaram cadastro no Sistema Nacional de Empregos (Sine-MT) e aguardam por vagas no mercado de trabalho. Os filhos estão matriculados em uma escola próxima a Pastoral e já frequentam as aulas. Os quatro convivem com a esperança de juntarem-se a outros três filhos do casal. “Temos um filho em Boa Vista, um em São Paulo e uma filha que ficou na Venezuela. Queremos trazer todos para Cuiabá”, finaliza José.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Condenado por estupro de vulnerável é localizado e preso pela Polícia Civil

Publicado

A Polícia Judiciária Civil cumpriu no sábado (09.11), em Pontes e Lacerda, um mandado de prisão contra um homem condenado a 9 anos pelo crime de estupro de vulnerável, ocorrido no município de Vila Bela da Santíssima Trindade. 

O mandado de prisão contra Bruno da Silva Santos, 35 anos, foi expedido em 07 de outubro pela Comarca de Vila Bela da Santíssima Trindade em decorrência da condenação à pena de nove anos e quatro meses de reclusão pelo crime cometido. Desde então, ele era procurado pela Polícia Civil de Vila Bela, com apoio da Delegacia de Pontes e Lacerda. 

Coordenada pelo delegado Maurício Maciel, a equipe recebeu informações no sábado sobre um veículo utilizado por pessoas que estariam dando guarida a Bruno. O veículo foi localizado transitando no centro de Pontes e Lacerda e, após diligências, os policiais identificaram a casa em que o foragido estaria se escondendo. Quando o veículo chegou ao local, a condutora teve dificuldade em manobrá-lo para estacionar, momento em que Bruno saiu da casa para fazer a manobra, sendo identificado pelos policiais, que o abordaram e deram cumprimento ao mandado de prisão. 

Veja Também  TCE aprecia contas de gestão da Câmara de Barra do Bugres

O criminoso já cumpriu pena por tráfico de drogas e a polícia recebeu informação de que ele estava aguardando oportunidade para fugir para a Bolívia, local onde mora um familiar e teria uma rede de contatos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil identifica e prende autor de homicídio em Sorriso

Publicado

A Delegacia de Polícia de Sorriso, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), cumpriu neste domingo (10.11) o mandado de prisão preventiva expedido contra J. F. (29 anos), autor do homicídio que vitimou Júlia Barbosa de Souza, 28 anos, na madrugada do último sábado em uma via pública da cidade. O suspeito se entregou na unidade policial, acompanhando dos advogados, onde foi preso e interrogado. 

Júlia morreu após ser atingida na madrugada de sábado por um disparo de arma de fogo efetuado contra o carro em que estava, nas proximidades de um hospital particular no bairro Vila Romana, em Sorriso.

As investigações da Polícia Civil iniciaram assim que a delegacia foi informada da ocorrência. A equipe realizou oitiva de testemunhas, coletou imagens de câmeras de seguranças nas imediações, além de requisitar e acompanhar perícias. 

De acordo com a apuração, a vítima e o namorado estavam na casa de amigos e após o jantar, a pedido de Júlia, o casal foi até a conveniência de um posto de combustível, situado na Avenida Natalino Brescancin, onde o namorado  comprou chocolate. Após a compra, o casal seguiu em uma camionete Hillux  para dar um último passeio, antes de retornar para casa.

Veja Também  Estudantes de Rondônia conhecem as tecnologias utilizadas pela Politec nas perícias criminais

No percurso, um veículo Gol preto passou a andar devagar pela via, fazendo com que o veículo em que estava o casal também reduzisse a velocidade. Neste momento, o suspeito J. F., também conduzindo uma camionete Hillux, se aproximou do veículo do casal, passando a buzinar e a forçar passagem pela via estreita e que possui fluxo lento. 

O veículo onde estava a vítima seguiu em velocidade reduzida, pois era a compatível com aquele momento, o que provavelmente enfureceu J.F., que estava embriagado. 

O investigado passou a seguir o veículo do casal, tentando fazê-los parar, contudo, o namorado da vítima ao notar a atitude passou a fugir pelas ruas da cidade, sendo continuamente seguido. Em determinado momento, o namorado da vítima conseguiu despistar o outro veículo, porém, quando estava na Avenida Brasil, tornou a ser seguido e próximo ao Hospital 13 de Maio, o investigado J. F. disparou contra o veículo do casal. 

O projétil transfixou o vidro traseiro do veículo e atingiu a vítima, que foi socorrida pelo namorado até o hospital próximo. Entretanto, mesmo com atendimento imediato da equipe médica, Júlia Barbosa não resistiu ao ferimento. 

Veja Também  Ausência de segregação de funções em Colíder gera determinação a prefeito

A investigação apurou que a motivação do crime está ligada ao nervosismo do suspeito em razão do trânsito na via pública estar lento naquela ocasião .

A DHPP identificou o autor do crime ainda na noite de sábado e continuou as diligências para capturá-lo. 

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva, deferida pela juíza plantonista da comarca de Sorriso. 

O suspeito passará por audiência de custódia da justiça. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana