conecte-se conosco


Destaque

Assassino de universitário confessa que matou por dívida e não revela nome de quem ajudou

Avatar

Publicado

Vanderson Daniel Martins dos Santos de 21 anos, conhecido como “Vandeco” e a namorada  dele Nathaly Alanes Barbosa dos Santos Silva, de 19, foram presos em cumprimento de  mandados de prisão temporária (30 dias), no bairro Da Manga, em Várzea Grande na manhã desta quinta-feira (01/11), pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP). Eles são acusados de envolvimento na morte do estudante de direito, Pedro Victor de Almeida, de 18 anos

Segundo as investigações, o crime não tem relação com a atividade de motorista de aplicativo (Uber). A vítima emprestava dinheiro, além de e trabalhava na função de Uber. Na madrugada dos fatos o jovem estava na casa dos pais, quando recebeu uma ligação por volta das 01h30, e saiu da residencia. Para ajudar nas investigações, os familiares forneceram extratos de chamadas do aplicativo Uber, o que provou que o jovem não saiu para atender passageiro.

Nathaly relatou que na noite do crime, ela e o filho de 11 meses estavam na casa do namorado, onde também funciona um lava jato, e que por volta das 01h30, o namorado saiu em uma motocicleta, mas não falou onde iria. Pouco antes das 4h da madrugada,  Vanderson voltou com as roupas toda ensanguentada e com a faca suja de sangue e disse que teria matada Pedro Victor.

Diante do fato, a namorada de Vanderson sugeriu que ele escondesse na casa da irmã e jogasse as roupas e a faca em um terreno baldio. Durante as investigações, as roupas  foram recuperadas e serão encaminhadas à perícia.

Na Delegacia, o suspeito confessou o crime, mas não revelou o nome da terceira pessoa envolvida. As investigações apontaram também que a vítima utilizou seu cartão bancário em dois estabelecimentos comerciais, em Várzea Grande, respectivamente por voltas das 03h03 e 03h34, em diligências foi possível apreender as imagens de um dos estabelecimentos, sendo constatado que a vítima estava acompanhada do assassino.

A delegada responsável pelo caso deixou claro que o crime está motivado por dívidas, mas que ainda busca outros elementos para confirmar a suspeita.

Reveja o caso:

Pedro Victor de Almeida Peroso foi morto a facadas na madrugada desta sexta-feira (19/10),no bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande.

Segundo informações, o jovem teve uma briga dentro do carro com o assassino e foi golpeado. Ferido, ele ainda correu em busca de ajuda, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Na frente do carro havia uma pedra enorme e o para-brisa do veículo estava danificado e a portado aberta. O serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi acionado, porém, ele já estava sem vida.

A Polícia Técnica foi acionada e esteve no local para iniciar a perícia e encaminhou o corpo para O Instituto Médico Legal (IML). Ainda não há suspeitos. O caso será investigado pela Polícia Civil. O suspeito ainda não foi identificado.

PUBLICIDADE 

Comentários Facebook

Destaque

Sem consenso lockdown esta descartado até segunda-feira em Cuiabá e VG

Avatar

Publicado

Emanuel Pinheiro anunciou que, a partir de agora, Cuiabá e Várzea Grande tomarão medidas em conjunto para combater o novo coronavírus.

Terminou agora pouco a audiência de conciliação entre o governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) e a prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM)  para discutir o fechamento total do comércio e a restrição à circulação de pessoas – o chamado lockdown, e terminou sem consenso entre os gestores .
A decisão foi adiada para segunda (22), quando será realizada nova rodada de conversações. A audiência realizada na tarde desta sexta (19) foi conduzida pelo juiz José Lindote, da Vara Especializada da Fazenda Pública de Várzea Grande.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), considerou positiva, a primeira audiência de conciliação, segundo o emedebista, o Governo do Estado e as Prefeituras vão alinhar as ações até segunda para publicar decretos em conjunto. Uma das medidas cogitadas é o inicio do toque de recolher às 19h.

“O toque de recolher, que começa às 22h30, pode começar às 19 horas. A ideia é unificar as ações na Região Metropolitana, pensando sempre em preservar saúde e a vida das pessoas. Isso é a prioridade para nós. Esse foi o ponto positivo da reunião”, declarou Emanuel após a audiência, falando em garantir a segurança e a estabilidade da população durante o combate a pandemia.

Técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES). que classificou as cidades como risco muito alto de contágio de contaminação da Covid-19, também foram ouvidos na audiência. Mais 11 municípios  estão nesta lista

A audiência de conciliação é resultado da  ação civil pública, do Ministério Público Estadual, por meio dos promotores de Justiça Alexandre de Matos Guedes e Audrey Ility, pela decretação do  lockdown na Capital e em Várzea Grande.

URGENTE INFORMAÇÕES ATUALIZADAS

Posted by Lapada Lapada on Friday, June 19, 2020

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Em Mato Grosso, mais de 880 mil sacam auxílio emergencial de R$ 600

Avatar

Publicado

Cerca de 24% da população do Estado necessitou de ajuda do Governo Federal durante crise da pandemia.

Quase um milhão de pessoas já receberam o Auxilio Emergencial de R$ 600 do Governo Federal, em Mato Grosso. De acordo com os dados, em números exatos no Estado, 887.639 mil pessoas já recorreram ao benefício criado por conta da crise econômica provocada pelo coronavírus. O montante representa 24% dos 3 milhões de habitantes do território mato-grossense.

Em Cuiabá, já foram 155 mil beneficiados, o que representa 25% dos 612 mil moradores da capital. Em Várzea Grande, 74 mil pessoas já realizaram o saque do dinheiro. O montante representa 26% dos 284 mil moradores da 2ª maior cidade do Estado.

Já em outras cidades polos de Mato Grosso, os gráficos confirmam que mais de 5 mil pessoas já se beneficiaram. São os casos de Sinop, com 38 mil (26% da população), Sorriso, com 19 mil (21% da população),  Lucas do Rio Verde, 15 mil (22% da população), Nova Mutum, com 9 mil (21% da população), Alta Floresta, com 12 mil (24% da população), Barra do Garças, com 20 mil (32% da população).

No Brasil, em 42 cidades o auxílio emergencial já foi pago a mais da metade da população. No ranking estadual, MT ocupa o 18º lugar do percentual da população que já recebeu a ajuda federal. Na liderança está o Piauí, com 35,5% de seus habitantes beneficiados.

A população para cada cidade é uma estimativa baseada no último Censo, realizado há dez anos. Sendo assim, há disparidades entre os dados e a realidade. Como o número calculado pelo IBGE é utilizado para o repasse de dinheiro federal para municípios, governos locais estão entrando na justiça para a projeção ser alterada. Há 19 situações dessa, sendo uma delas em Porto Velho, capital de Rondônia.

AUXILIO EMERGENCIAL  

A ajuda financeira começou a ser paga no dia 7 de abril aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19.

O benefício no valor de R$ 600,00 será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família.

Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente será de R$1.200,00.

IBGE

IBGE

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana