conecte-se conosco


Economia

Concursos públicos da semana oferecem 1.403 vagas e salários de até R$ 22,8 mil

Publicado


Concursos públicos da semana oferecem 1.403 vagas, estabilidade e altos salários, mas é preciso se preparar bem para as provas porque a concorrência só aumenta
shutterstock

Concursos públicos da semana oferecem 1.403 vagas, estabilidade e altos salários, mas é preciso se preparar bem para as provas porque a concorrência só aumenta

A recuperação da economia brasileira ainda é lenta. Apesar do Instituto Brasileiro de Geograifa e Estatística (IBGE) ter divulgado recentemente que o  índice de desemprego no Brasil caiu 0,6 ponto percentual entre junho e agosto e voltou para 12,1%, ainda existem 12,7 milhões de desempregados no Brasil. Isso para não falar da população desalentada que até já parou de procurar emprego . Por isso, os concursos públicos seguem sendo uma opção para quem busca estabilidade na carreira profissional.

Leia também: Como conduzir uma boa negociação salarial durante a entrevista de emprego?

Por isso mesmo, os  concursos públicos  estão se tornando cada vez mais concorridos e o concurseiro que desejar alcançar um bom resultados nas provas deve se preparar bem para aumentar suas chances de êxito e aprovação.

Pensando nisso, a equipe do Brasil Econômico entrevistou o  coach  de carreira e professor da Central de Concursos, Gabriel Henrique Pinto, que reuniu 10 coisas que todo candidato que está se preparando para enfrentar esse desafio precisa saber sobre concursos. 

1. Você precisa encarar o concurso como um projeto de vida

O cargo público tem uma série de vantagens em relação ao que se observa na carreira privada, como estabilidade, altas remunerações e planos de carreira, mas isso tudo não vem de graça. É preciso encarar a preparação para o concurso como um projeto de vida e estudar até passar. Pense que em um curso superior o aluno se prepara por, no mínimo, quatro anos, muitas vezes pagando altas mensalidades, e não tem nenhuma garantia de emprego ao final. Para ser aprovado em um concurso competitivo costuma-se demandar de 6 meses a 2 anos.

2. Não adianta passar e não gostar do trabalho

Antes de iniciar sua preparação para qualquer concurso, conheça os cargos públicos e atribuições para determinar qual é mais compatível com sua personalidade. Não adianta ser aprovado em 10 concursos se você não for feliz em seu novo emprego.

3. Cada concurso pode ter requisitos específicos

Há regras gerais em termos de requisitos exigidos para ingressar na carreira pública. Por exemplo, a idade mínima necessária é de 18 anos, e a máxima de 75. É necessário estar em dia com obrigações eleitorais e militares. Em regra, você pode até ter inscrição em órgãos de proteção ao crédito (SERASA, SPC e SCPC), exceto se pretende ser bancário. Concursos para polícia, às vezes, exigem altura mínima e costumam ter provas físicas. Quaisquer requisitos devem, em todos os casos, ser comprovados no ato da posse.

4. É possível prever quando será aberto um concurso

O governo dá indícios de que será aberto um concurso. Antes de qualquer coisa o órgão que precisa de novos servidores faz uma solicitação para que seja incluída no orçamento público a provisão para as novas vagas. Esta solicitação pode ser aprovada ou não. Em caso de aprovação considera-se autorizado o concurso. Em geral, um concurso autorizado deve ter o edital publicado em até 6 meses, e daí são cerca de mais 3 meses até a prova. O ideal é começar a se preparar antes de seus concorrentes.

5. O edital é um roteiro para o seu estudo

O edital de cada concurso deve, por lei, determinar quais conteúdos de cada matéria podem ser exigidos na prova. Quer dizer, se você estudar tudo o que consta no edital, estará preparado adequadamente.

6. Você precisa ter cuidado ao comprar seu material

Há dezenas de editoras que publicam materiais específicos para concursos públicos, mas produzir material dessa natureza exige constante atualização de conteúdo. Então fique atento, seu material de estudos deve ter todo o conteúdo que consta no edital. Confie em editoras tradicionais e notórias no mercado.

7. Sim, você precisa assistir às aulas

É possível passar em um concurso sem nunca assistir a uma aula, da mesma forma que é possível caminhar do Uruguai ao Alasca. O candidato deve procurar, a todo tempo, ser o mais eficiente possível em sua preparação, e as aulas, sejam presenciais ou online, são um atalho. O professor deve conhecer a banca organizadora de seu concurso e enaltecer aqueles assuntos mais exigidos a todo tempo. Procure escolas tradicionais e bem avaliadas. Se não houver uma perto de sua cidade, opte por um curso online.

Veja Também  Atividade econômica do Brasil teve alta de 1,38% em 11 meses de 2018

8. Mas a palavra-chave é “revisão”

As aulas são indispensáveis, mas sozinhas não vão garantir sua aprovação em nenhum concurso. É necessário revisar todo o conteúdo várias vezes. Procure uma técnica de estudos com a qual você se adapte e estude!

9. Você não precisa abdicar da vida social

Estudar com eficiência não quer dizer não aproveitar mais a vida. Você deve, sim, abdicar de tudo o que atrapalhe seu estudo, mas descanso também é parte da preparação. Pegue um cinema no fim de semana, saia com os amigos aos sábados e almoce com a família quando possível.

10. Aprovação depende mais do lado emocional do que do intelectual

A ansiedade pode destruir a prova de um candidato bem preparado. Tenha consciência de que tem concurso o ano todo, todos os anos. Se porventura você não passar no primeiro, logo haverá mais um. Desta forma, a pressão diminui. Se ainda assim você estiver nervoso, tente alguma técnica de meditação. Acredite, vai te ajudar muito.

Leia também: Quer promoção no trabalho? Confira dicas para conquistar a ascensão na carreira

Anotou as dicas? Agora confira abaixo os concursos públicos que estão com  inscrições abertas  até sexta-feira (12):

Concursos públicos da semana


Concursos públicos da semana oferecem salários de até R$ 22,8 mil. Há vagas para todos os níveis de escolaridade, confira onde e até quando vão as inscrições
shutterstock

Concursos públicos da semana oferecem salários de até R$ 22,8 mil. Há vagas para todos os níveis de escolaridade, confira onde e até quando vão as inscrições

08/10/2018

Amazonas

O primeiro concurso público da semana é da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf-AM). Lá, a Agência procura candidatos que tenham o ensino fundamental, médio ou superior completos como nível de escolaridade e estejam interessados em uma das 208 vagas com salários de até R$ 6.570,95.

Edital e inscrições

Minas Gerais

Já em Minas Gerais, é a Universidade Federal de Lavras (MG) que vai contratar 30 novos funcionários através de concurso público que está com inscrições abertas só até essa segunda-feira (8). Os salários para candidatos de nível superior chegam a até R$ 5.136,99.

Edital e inscrições

Paraná

Enquanto isso, no Paraná, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste – PR) também vai contratar 126 novos funcionários que comprovarem ter ensino superior completo como nível de escolaridade e estejam interessados em salários de até R$ 8.208,60. As vagas são para atuar em Cascavel, Francisco Beltrão, Marechal Cândido, Rondon, Foz do Iguaçu e Toledo.

Edital e inscrições

São Paulo

Em São Paulo, por sua vez, são três os concursos públicos que estão com inscrições abertas só até essa segunda-feira (8):

O primeiro, da Prefeitura de Getulina (SP), oferece 19 vagas para candidatos com ensino fundamental, médio e superior completos interessados em salários que podem chegar a até R$ 5.256,30.

Edital e inscrições

O segundo, da Prefeitura de Cajamar (SP), oferece 66 vagas para candidatos com ensino médio, técnico ou superior completos interessados em salários de até R$ 5.268,16.

Edital e inscrições

Já o terceiro e último é da Câmara Municipal de Biritiba Mirim (SP). Lá estão sendo oferecidas seis vagas para candidatos de nível fundamental, médio ou superior com salários de até R$ 4.098,44.

Edital e inscrições

09/10/2018

Goiás

Em Goiás, o concurso público com inscrições abertas só até esta terça-feira (9) é do Ministério Público de Goiás. Apenas uma vaga está sendo oferecida para candidatos de nível fundamental com salário de R$ 3.118,89. 

Edital e inscrições

Mato Grosso

Também na terça-feira (9) encerram-se as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Nova Marilândia (MT). Candidatos de nível fundamental, médio ou superior podem se inscrever para concorrer por uma das 28 vagas oferecidas se estiverem interessados em salários de até R$ 4.629,29.

Veja Também  Em São Paulo, IPVA com desconto para placas de final 6 vence nesta quarta

Edital e inscrições

Paraná

Já no Paraná, são dois concursos públicos que estão com inscrições abertas até terça-feira (9):

O primeiro da Prefeitura de Itambé (PR) oferece 14 vagas para candidatos que comprovarem ter ensino fundamental ou superior completos como nível de escolaridade. Os salários podem chegar a até R$ 2.208,67.

Edital e inscrições

Enquanto isso, o segundo é da própria Polícia Civil do Paraná. A corporação vai contratar 100 novos oficiais com ensino superior interessados em salários de até R$ 5.752,41.

Edital e inscrições

São Paulo

Por último, em São Paulo também são dois concursos públicos com inscrições abertas só até terça-feira (9):

Um é da Prefeitura de Votorantim (SP) e vai contratar 12 candidatos de nível superior completo em troca de salários que pagam R$ 17,74 por hora trabalhada.

Edital e inscrições

O outro é da Prefeitura de Caraguatatuba (SP) e este vai contratar 20 candidatos de nível fundamental para vagas temporárias de guarda-vidas que pagam R$ 1.400,00 por mês.

Edital e inscrições

10/10/2018

Já na quarta-feira (10) o maior número de concursos públicos que encerram as inscrições nesssa semana se encerram:

Bahia

O primeiro é da Prefeitura de Mulungu do Morro (BA) e oferece 20 vagas com salários mínimos de R$ 954,00 para candidatos que tenham o ensino médio completo como nível de escolaridade.

Edital e inscrições

Ceará

O segundo, no Ceará, é da Prefeitura de Porteiras (CE). Lá o município contratará 63 candidatos que tiverem ensino fundamental, médio ou superior completos e estejam interessados em salários de até R$ 2.216,80.

Edital e inscrições

Minas Gerais

Enquanto isso, apenas em Minas Gerais, são quatro concursos públicos que se encerram na quarta-feira (10):

O primeiro, da Prefeitura de Pirajuba (MG), procura 32 candidatos com ensino fundamental, médio ou superior completos interessados em salários de até R$ 3.625,00.

Edital e inscrições

O segundo, da Prefeitura de Iapu (MG), oferece nove vagas com salários de até R$ 1.928,00 para candidatos com ensino fundamental, médio e superior completos.

Edital e inscrições

O terceiro, da Prefeitura de Comercinho (MG), por sua vez, está com 19 vagas abertas. Os salários de até R$ 2.745,63 são para candidatos com ensino fundamental, médio ou superior completos.

Edital e inscrições

Por último, a Prefeitura de João Monlevade (MG) também vai contratar 30 candidatos. Eles precisam ter ensino superior completo e vão ganhar R$ 500,00/6h de trabalho.

Edital e inscrições

Rio Grande do Sul

Já no Rio Grande do Sul, é a Prefeitura de Capela de Santana (RS) que vai contratar 34 candidatos com ensino médio ou superior completos, por salários de até R$ 3.691,03.

Edital e inscrições

Santa Catarina

Em Santa Catarina, também na quarta-feira (10), são três os concursos públicos que vão encerrar suas inscrições:

A Prefeitura de Pinhalzinho (SC) oferece apenas uma vaga, para candidato de ensino superior, mas o salário é de R$ 17.149,70.

Edital e inscrições

Já a Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina vai oferece 90 vagas para candidatos de ensino superior e lá os salários podem chegar a R$ 22.853,33, os maiores da semana.

Edital e inscrições

Por último, ainda em Santa Catarina, a Câmara Municipal de Guatambu (SC) vai contratar quatro novos funcionários com ensino fundamental ou superior completos em troca de salários de até R$ 2.800,00.

Edital e inscrições

São Paulo

Já em São Paulo, Conselho Regional de Psicologia de São Paulo oferece 275 vagas com salários que chegam a até R$ 6.197,58 para quem tenha o ensino superior completo na área.

Edital e inscrições

11/10/2018

Minas Gerais

Na quinta-feira (11), apenas a Câmara Municipal de Itaguara vai encerras suas inscrições para concurso que está oferecendo seis vagas para candidatos que tenham ensino fundamental, médio ou superior completos e estejam interessados em salários de R$ 2.982,86. 

Edital e inscrições

12/10/2018

Minas Gerais

Da mesma forma, na sexta-feira (12), feriado da padroeira do Brasil, apenas a Prefeitura de Cachoeira do Pajéu (MG) vai encerrar suas inscrições abertas. São 185 vagas que oferecem salários de até R$ 3.000,00 para candidatos de nível fundamental, médio ou superior completos.

Edital e inscrições

Leia também: Em busca de renda extra? Conheça essas plataformas e garanta aquele ‘bico’

E aí? Algum desses concursos públicos com inscrições abertas da lista lhe pareceu interessante? Então corra, inscreva-se, prepare-se e boa sorte!

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Petrobras não quer tomar empréstimos de bancos públicos com juros diferenciados

Publicado



José Cruz/Agência Brasil

“Este ciclo em que a Petrobras se valia de empréstimos com juros diferenciados acabou”, disse Roberto Castello Branco

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que a estatal não pretende mais buscar empréstimos junto a bancos públicos com juros “diferenciados”. A declaração, motivada pela publicação da lista dos 50 maiores clientes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), foi divulgada pela assessoria de imprensa da companhia.

Leia também: Comandante da Marinha deve chefiar Conselho de Administração da Petrobras

“Este ciclo em que a Petrobras se valia de empréstimos de bancos públicos, com juros diferenciados, com o objetivo de financiar seus projetos, acabou”, escreveu Castello Branco. “Entendemos que grandes empresas que dispõem de fácil acesso aos mercados financeiros não precisam ser subsidiadas com recursos públicos que deveriam ser investidos em programas em prol da sociedade”, completou.

Na manhã desta sexta-feira (18) , o BNDES divulgou uma lista de seus maiores clientes e uma relação das operações realizadas nos últimos 15 anos. O compilado também traz os países que fizeram empréstimos com o Brasil neste período. A Petrobras aparece em primeiro lugar no ranking, somando R$ 62,4 bilhões em empréstimos e operações de renda variável.

Veja Também  Em São Paulo, IPVA com desconto para placas de final 6 vence nesta quarta

As informações, porém, já estavam disponíveis no site do banco desde 2015. Naquele ano, quando Dilma Rousseff (PT) ainda era presidente, o BNDES começou a divulgar mais detalhes sobre a identidade de seus clientes, taxas de juros aplicadas e resumos dos projetos apoiados. As contestações por parte do TCU (Tribunal de Contas da União) e as revelações da Operação Lava Jato sobre os escândalos de corrupção envolvendo empreiteiras motivaram essa tentativa de maior transparência. 

Abrir a suposta “caixa-preta” do BNDES foi uma das promessas de campanha de Jair Bolsonaro (PSL). Quando candidato, o presidente cobrou a divulgação dos valores dos empréstimos que financiaram obras de empresas brasileiras no exterior, principalmente em países vistos como “mau pagadores”. Joaquim Levy , nomeado presidente do banco ainda em 2018, também prometeu tornar públicas essas informações.

Leia também: Informações sobre maiores clientes do BNDES já estavam disponíveis desde 2015

A lista divulgada hoje, na verdade, é uma versão organizada e mais acessível dos dados já disponibilizados periodicamente pelo BNDES . O compilado não difere muito do relatório publicado em 2017, durante o governo de Michel Temer (MDB), e produzido para defender a atuação do banco e atestar sua relevância para o desenvolvimento do País. Este último também pode ser consultado no site da biblioteca digital do BNDES .

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Seguro-desemprego tem reajuste de 3,43% e pode chegar a mais de R$ 1.700

Publicado


Seguro-desemprego sofreu reajuste
Marcello Casal/Agência Brasil

Seguro-desemprego sofreu reajuste

O valor do seguro-desemprego será reajustado em 3,43%. A medida, que vale para parcelas do benefício emitidas a partir do dia 11 de janeiro, foi anunciada nesta sexta-feira (18) pelo Ministério da Economia. 

Leia também: Beneficiário do INSS que recebe mais de um salário mínimo terá reajuste de 3,43%

De acordo com a pasta, o reajuste do  seguro-desemprego  é diretamente correspondente ao valor final da inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no ano passado.  

Com os novos valores em prática, a parcela máxima do benefício passará de R$ 1.677,74 para R$ 1.735,29. A mínima, q ue acompanha o valor do salário mínimo , foi R$ 998 ante os R$ 954 praticados em 2019. Vale lembrar que esse tipo de auxílio financeiro só é válido para trabalhadores que foram demitidos sem justa causa. 

Como eu consigo meu seguro-desemprego? 


Saiba como conseguir o seguro-desemprego
Camila Domingues/ Palácio Piratini

Saiba como conseguir o seguro-desemprego

Estão aptos a receber o benefício aqueles que foram demitidos sem justa causa. Esses trabalhadores podem pegar de três a cinco parcelas do seguro, conforme o tempo trabalhado e o número de pedidos do auxílio.  

Veja Também  Atividade econômica do Brasil teve alta de 1,38% em 11 meses de 2018

O beneficiário não pode exercer nenhum tipo de atividade remunerada, informal ou formal, enquanto recebe o seguro. Se isso acontecer, o empregado é obrigado a devolver as parcelas recebidas indevidamente. 

Para calcular o seguro-desemprego, é feita uma média das três últimas remunerações do funcionário antes da demissão. Caso o trabalhador tenha ficado menos que três meses em seu último emprego, o cálculo segue a média do salário em dois meses ou em apenas um mês, dependendo do caso. 

Os trabalhadores que recebiam mais de R$ 2.551,96 de salário conseguem o valor máximo do benefício, de R$ 1.735,29. Para ganhos mensais de até R$ 1.531,02, o emprego tem direito a 80% do salário médio ou ao salário mínimo , prevalecendo o valor que for maior. Já no caso de remunerações entre R$ 1.531,03 a R$ 2.551,96, o seguro-desemprego corresponde a R$ 1.224,82 mais 50% do que exceder R$ 1.531,02. 

Leia também: inadimplência tem a maior alta desde 2012 e já afeta 62,6 milhões de brasileiros

O funcionário demitido pode pedir o  seguro-desemprego  pela internet, no portal Emprega Brasil. É preciso ter em mãos as guias entregues pelo ex-empregador ao homologar a demissão, o termo de rescisão, a carteira de trabalho, o extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a identificação do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e documento de identificação com foto. 

Veja Também  BNDES divulga lista de empréstimos e Bolsonaro comenta: “Vamos bem mais a fundo”

*Com informações da Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana