conecte-se conosco


Politica MT

Potencial turístico de Chapada dos Guimarães é apresentado em reunião ordinária

Avatar

Publicado

Foto: MARCOS LOPES / ALMT

Os principais atrativos turísticos e o potencial ainda não explorado foram apresentados durante reunião ordinária da Câmara Setorial Temática (CST) do Geoparque de Chapada dos Guimarães, nesta segunda-feira (07), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Em 2017, 150 mil pessoas passaram pelo Parque Nacional e este número pode ser ainda maior com melhor estruturação dos locais de visitação.

A presidente da Associação de Guias de Condutores de Ecoturismo de Chapada dos Guimarães, Cecília Kawall, apresentou aos participantes CST todos os roteiros turísticos de Chapada dos Guimarães que estão em funcionamento e como eles poderiam ser melhor divulgados. De acordo com a guia, por falta de informações, muitos turistas desconhecem os locais ou que estão em funcionamento.

“O parque ficou fechado de 2008 a 2010, mas até hoje parte da população não sabe que foi reaberto que está recebendo turistas. Temos que propor uma agenda positiva para atrair mais turistas, divulgar o potencial ao invés de reforçar os aspectos deficientes”, defende Cecília Kawall.

Sobre os investimentos, a presidente da Associação destacou que faltam material informativo, pessoas e infraestrutura na cidade e nos pontos de visitação. “Não temos divulgação, faltam profissionais no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), placas, hospital, entre outras coisas que poderiam melhorar a qualidade dos serviços oferecidos e trazer mais pessoas para Chapada”, afirma Cecília.

Outro potencial apresentado, mas que ainda não é explorado, foi o acervo paleontológico, geológico e arqueológico da região. O geólogo da Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat), Léo Adriano de Oliveira, apresentou que tanto em Chapada dos Guimarães como em outros locais do estado há sítios arqueológicos e fósseis desconhecidos pelos turistas.

“Na região de Chapada temos registros fósseis de dinossauros, como no Morro do Cambambe, e que não são divulgados. Com a criação do Geoparque poderemos atrair investimentos e buscar fomentar o turismo e pesquisas”, explica o geólogo Leo Adriano.

O presidente da CST do Geoparque, Caiubi Kuhn, explica que o próximo encontro deve encerrar os trabalhos da CST com uma reunião entre os municípios da Baixada Cuiabana. “Vamos trazer representantes de Nobres, Cuiabá, Poconé para discutirmos como podemos trabalhar juntos para fortalecer o turismo na região. Quando Chapada recebe um visitante, ele não fica só lá, também percorre outros locais próximos e temos potenciais muito perto de Chapada”.

Com a realização da última reunião no dia 21 de maio, a equipe técnica deve finalizar o relatório da Câmara Setorial Temática e apresentar em junho. Na primeira etapa da CST, em 2017, foram apresentadas cinco sugestões de projeto de lei para viabilizar o Geoparque. Dois desses projeto já foram apresentados pelo deputado Wilson Santos (PSDB), um para  denominação de Chapada dos Guimarães como Capital Estadual da Geodiversidade e outro com a proposta de criação do Geoparque.

Comentários Facebook

Politica MT

Deputados recebem Fórum Sindical para debater PEC 06/2020

Avatar

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O Projeto de Emenda Constitucional – PEC 06/2020 que trata sobre as novas regras da Previdência foi amplamente debatido, nesta quarta-feira (27), entre deputados e representantes do Fórum Sindical, no Plenário das Deliberações da Assembleia Legislativa de forma presencial e remota. 

Essa PEC altera o Regime Próprio de Previdência Social – RPPS no âmbito estadual a fim de replicar as normas vigentes desde a entrada em vigor da Emenda Constitucional 103/2019, que modificou as regras do sistema previdenciário brasileiro aplicáveis aos Regimes Próprios de Previdência Social dos entes federativos. 

Botelho explicou que após a primeira votação, a PEC poderá sofrer alterações através de emendas e garantiu novos debates para possíveis ajustes no texto. “É muito importante participarem e estamos abertos às discussões”. 

Representantes do Fórum Sindical chamaram a atenção sobre a importância do debate para chegar a um texto de consenso que seja bom para os servidores e governo. Objetivo é tratar sobre a PEC 06, com alternativas que, segundo eles, não sejam tão penosas como foi no Congresso Nacional. As sugestões serão avaliadas e poderão ser apresentadas como emendas das lideranças partidárias. 

O presidente do Sindicato dos Fiscais de Tributos Estaduais de Mato Grosso – Sindifisco e da Federação Nacional do Fisco – Fenafisco, Ricardo Bertolini apresentou as propostas de aprimoramento do projeto.

 “Apresentamos cinco emendas à PEC. As duas primeiras emendas trazem novas regras de transição para servidores que já estão no regime de previdência própria, trazendo regras que são consolidadas em outros estados como Paraná, Bahia e Sergipe, não tão duras como a aprovada no Congresso Nacional com a 103/2019. As outras são redacionais para que não haja nenhum equívoco de interpretação e nem questionamento jurídico que possa prejudicar a concessão da aposentadoria do servidor. E outra proposta de transição para efeito de cálculo das pensões. A emenda constitucional 103 reduziu a pensão em 50% do salário do servidor a que o segurado vinha recebendo. Então, viúva e filhos terão direito somente a 50%. É muito penoso e trouxemos a regra para minimizar o impacto às famílias do servidor público”, explicou Bertolini.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Politica MT

Max Russi propõe fornecimento de EPIs e testes rápidos à regional de Rondonópolis e municípios de MT

Avatar

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado Max Russi (PSB) propôs que o governo do estado forneça, em regime de urgência, testes rápidos para a detecção da Covid-19, além de equipamentos de proteção individual (EPIs) e de esterilização para o Hospital Regional de Rondonópolis. A indicação foi apresentada pelo parlamentar na sessão plenária desta quarta-feira (27), na Assembleia Legislativa.

Russi alega que o município é o terceiro em Mato Grosso no ranking de casos do coronavírus. Para se ter uma ideia, os últimos registros apontam que a unidade hospitalar já possui 13 servidores infectados e mais 20 sob suspeita de contaminação.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES) os profissionais, com diagnóstico positivo, estão em isolamento domiciliar e sendo monitorados pelas equipes da Vigilância Epidemiológica e da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). Já os funcionários, enquadrados como casos suspeitos, foram afastados de suas funções e também estão sob monitoramento, atendendo aos critérios protocolares da direção do Hospital Regional.

Max Russi esclareceu que o objetivo de sua proposta é oferecer maior segurança aos profissionais da saúde, que estão na linha de frente do enfrentamento à pandemia”.

Quanto ao crescimento exponencial no número de contaminados no estado, o deputado avalia que a testagem rápida também precisa ser fornecida as autoridades de saúde de todos os municípios. É o que argumenta Russi em sua indicação, defendendo que tal medida ajudaria na contenção do avanço da doença em território mato-grossense.

“Esta testagem é uma ferramenta de extrema importância na luta contra o coronavírus. Se for disponibilizada pelo estado a todos os municípios, vai ajudar nas medidas para conter o avanço do vírus.”, analisa.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana