conecte-se conosco


Mato Grosso

Universidade Aberta do SUS abre matrículas para sete cursos

Avatar

Publicado

O sistema Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) está com matrículas abertas para sete cursos online e autoinstrucionais. Interessados podem se inscrever até 29 de junho e têm até 29 de julho para finalizar todas as atividades e receber o certificado de conclusão. A UNA-SUS foi criada pelo Ministério da Saúde para atender às necessidades de capacitação e educação permanente dos profissionais de saúde. Todos os cursos são inteiramente gratuitos na modalidade de educação a distância.

Confira os cursos: 

Saúde da População Negra

Livre para profissionais de qualquer área do conhecimento que se interesse pelo tema, o curso promove o debate sobre o preconceito e racismo institucional, baseado em dados epidemiológicos e informações gerais sobre a população negra, sua cultura e práticas tradicionais de saúde. 

A capacitação oferece aos profissionais de saúde de todo o Brasil a oportunidade para refletir e atuar na perspectiva do cuidado centrado na pessoa e na família, visando à melhoria da qualidade de atendimento e à redução das desigualdades, alinhando-se aos princípios do Sistema único de Saúde e da Política Nacional Integral da População Negra.

Para se matricular e acessar o curso,  clique aqui.

Dengue

A qualificação tem como objetivo familiarizar os profissionais com as recomendações atuais do Ministério da Saúde quanto ao manejo clínico da doença. A partir da análise de oito casos clínicos, os alunos poderão refletir sobre os sintomas apresentados em situações fictícias e avaliar a melhor forma de tratamento para cada paciente. 

Veja Também  Alta Floresta receberá a 1ª Oficina Regional do Sistema Integrado de Agricultura Familiar

Para se matricular e acessar o curso,  clique aqui.

Hanseníase

O objetivo é atuar no preparo dos profissionais para atuarem no controle da transmissão da hanseníase e diminuir as incapacidades causadas pela doença. Dessa maneira, o curso ressalta a importância do diagnóstico oportuno e do efetivo controle de contatos. É dividido em três unidades: vigilância; diagnóstico e acompanhamento da hanseníase na Atenção Básica.

Para dinamizar o aprendizado, são utilizados casos clínicos, vídeo-aulas com explicações de especialistas sobre o tema, além de vídeos de apoio com dramatizações que tratam do tema da vídeo-aula. São também utilizados hipertextos, caixas de ajuda e glossário para que se possam aprofundar os conhecimentos de termos técnicos. 

Para se matricular e acessar o curso,  clique aqui.

Atenção Integral à Saúde da Pessoa Idosa – Módulo I 

Voltado para profissionais de saúde de nível superior, o curso mostra um panorama geral do envelhecimento no país e apresenta as principais questões no atendimento da população com 60 anos ou mais. O conteúdo está dividido em cinco unidades, que tratam do envelhecimento populacional, ações estratégicas, avaliação multidimensional e condições clínicas e trabalho em equipe.

Para se matricular e acessar o curso, clique aqui.

Atenção Integral à Saúde da Pessoa Idosa – Módulo II 

Tem como objetivo é atualizar Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e técnicos de enfermagem nas recomendações nacionais para a atenção à saúde da pessoa idosa, no âmbito da Atenção Primária à Saúde.

Veja Também  Recurso é negado para Adesco e acolhido parcialmente para ex-prefeito de Sinop

São abordados diversos temas relacionados à atuação desses profissionais na atenção à saúde da população idosa, como por exemplo, o mapeamento dessa população, o trabalho em equipe, o acolhimento, o planejamento de cuidados e a promoção da saúde.

Para se matricular e acessar o curso, clique aqui.

Atualização do Manejo Clínico da Influenza

Voltado para médicos, o curso trata do diagnóstico diferencial entre o resfriado comum de síndrome gripal e a síndrome respiratória aguda grave, dos principais riscos de complicação e das medidas que reduzem a transmissão da gripe.

O conteúdo apresenta casos clínicos interativos com vídeos de especialistas comentando o tema abordado. Além disso, o aluno terá acesso a materiais de apoio, como fluxograma de tratamento e orientações de etiqueta respiratória.

Para se matricular e acessar o curso, clique aqui.

Coinfecção Tuberculose-HIV

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, a tuberculose é a doença infecciosa que mais mata pessoas com HIV. Portanto, é necessário tratar as doenças de forma conjunta.

O curso fornece subsídios para que os profissionais de saúde atendam integralmente, e de forma qualificada, as pessoas coinfectadas por tuberculose e HIV. Para isso, são abordados os aspectos etiológicos, psicossociais e clínicos da associação entre as doenças.

Para se matricular e acessar o curso, clique aqui.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governador participa de posse de juiz eleitoral no TRE

Avatar

Publicado

O governador Mauro Mendes participou da posse do advogado Jackson Coutinho, no cargo de juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), na manhã desta sexta-feira (06.12). Esta será a segunda vez que o advogado assume uma cadeira no TRE. Em 2017, ele foi eleito para a função de juiz substituto.

“Desejo muita sorte nessa nova passagem pelo Tribunal. Ele tem o respeito da sociedade e a experiência de quem já contribuiu com a Justiça Eleitoral”, destacou o governador.

Jackson Coutinho ficará na função de juiz membro pelo período de dois anos. Ele foi escolhido por meio de lista tríplice, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, após eleição no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A vaga que ele assume a partir desta sexta-feira é originária do quinto constitucional, para advogados com mais de 10 anos de exercício profissional.

“Essa é uma honrosa missão de representar a advocacia. Esse privilégio, eu recebo como reconhecimento e isso é o que mais me sensibiliza aos muitos anos de dedicação ao direito e a justiça”, destacou, acrescentando ainda que tem a obrigação por bem representar a advocacia mato-grossense nas eleições de 2020.

Veja Também  Bombeiro de MT conquista 2º lugar em concurso nacional de fotografia

Ainda para o jurista, o próximo ano será de combate às “Fake News”, principalmente, no momento em que vive o país de “renovação da esperança”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cáceres institui programa para fomento da cidadania fiscal

Avatar

Publicado

O município de Cáceres (220 km de Cuiabá) conta a partir deste mês com um Programa Municipal de Educação Fiscal. A medida tem o apoio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), que coordena o Programa de Educação Fiscal no estado de Mato Grosso, e visa levar conhecimento aos cacerenses sobre origem, aplicação e controle dos recursos públicos.

A criação do Programa de Educação Fiscal de Cáceres foi aprovada e sancionada na quinta-feira (05), por meio da Lei Municipal nº 2.811.

“Desde o primeiro ano de gestão temos incentivado a participação popular na formulação das políticas públicas do município. Com o Programa da Educação Fiscal a participação popular dos cacerenses será ainda mais fomentada, contribuindo para a formação das crianças na participação do controle social”, afirma o prefeito Francis Maris Cruz.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, Rubens Macedo, a relevância do Programa está em levar ao conhecimento da sociedade a importância da função socioeconômica dos tributos, incentivando o acompanhamento da aplicação dos recursos públicos.

A instituição de uma política pública voltada para a prática da cidadania fiscal é uma ação importante que possibilita o aperfeiçoamento dos mecanismos de planejamento, por meio da participação ativa da população. Após a aprovação da lei, o Decreto para regulamentar a legislação será publicado pelo município, assim como a Portaria designando os servidores responsáveis na implantação do Programa.

Veja Também  CGE promove Seminário de Prevenção e Repressão à Corrupção na segunda-feira

De acordo com o gerente regional Atendimento ao Contribuinte, da Sefaz, Sandoval Vieira de Araújo, a pasta fazendária fará a capacitação dos profissionais da rede municipal que vão atuar no Programa de Educação Fiscal. O curso será ministrado pelos representantes do Programa da Educação Fiscal da Secretaria de Fazenda da Região Oeste, Leandro Xavier Ursolino e Anacleto Antunes Magalhães.

Programa Cidadania Fiscal

Instituído em 2015, o Programa Cidadania Fiscal de Mato Grosso tem como principais objetivos: inserir a educação fiscal no planejamento escolar; mobilizar e sensibilizar os gestores públicos para a melhoria da transparência do serviço público; sensibilizar os servidores quanto aos princípios básicos da administração pública e sua relação na melhoria da qualidade de vida da sociedade; disseminar dados e informações sobre a transparência na administração pública; incentivar o cidadão a exercer a cidadania fiscal, mediante o controle social do gasto público; além de incentivar o comprometimento do cidadão no processo de planejamento das ações de governo.

Junto com o Programa foi instituído também o Grupo de Educação Fiscal do Estado (GEFE/MT), coordenado pela Secretaria de Fazenda (Sefaz). O Grupo é responsável por desenvolver as ações da Cidadania Fiscal no estado.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana