conecte-se conosco


Policial

PJC prende estelionatários que fingiam ser policiais civis da DEMA para obter doações financeiras

Publicado

Policial

Assessoria PJC | MT

A Polícia Judiciária Civil prendeu em flagrante dois homens que que se passavam por policiais lotados na Delegacia Especializada do Meio Ambiente (DEMA) para obter vantagens financeiras em troca de patrocínio para campanha publicitária de cunho educacional/ambiental.

As investigações, conduzidas pela Dema, partiram de uma denúncia sobre um grupo de pessoas vinculadas a uma Organização Não-Governamental (ONG) estariam se passando por policiais da unidade da PJC com o objetivo de levantar valores para a confecção de um suposto “Encarte de Campanha de Combate à Pesca Predatória”.

Em ação realizada na tarde de quarta-feira (21), por volta das 15:30 horas, os policiais da Dema conseguiram localizar os suspeitos Selmo Rodrigues Moura, 45,  e Avenádio de Carvalho, 42, na avenida Beira Rio, na Capital.

Os acusados estavam conduzindo um veículo Gol/cor prata, onde foi encontrado uma folha de cheque no valor de R$ 300. Investigações demonstram que o cheque teria sido emitido no mesmo dia por uma empresa particular para que constasse seu nome como patrocinadora do suposto encarte.

Em busca realizada na mala de roupas de um dos detidos foram encontradas roupas e calçados de cores e estampas análogas a das Instituições Governamentais, bem como bloco de recibo e comprovante de transação bancária  nominal a ONG.

Após a apreensão dos materiais e condução dos suspeitos à Dema, ambos foram autuados em flagrante por estelionato, pela delegada de polícia Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino.

O caso segue em investigação pela Polícia Judiciária Civil com o objetivo de identificar outras vítimas da dupla de estelionatários.

Comentários Facebook

Policial

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito de tentativa de homicídio, que age como disciplina de facção, é preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil cumpriu nesta segunda-feira (18.10), em Paranatinga, um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 21 anos investigado por tentativa de homicídio qualificado, ocorrida na última semana, na cidade.

O suspeito foi identificado como “disciplina” de uma facção criminosa e é investigado pela prática de diversos crimes realizados em Paranatinga, como tortura, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

No último dia 12 de outubro, a vítima de 22 anos estava em uma residência quando foi atingido por disparos de arma de fogo.

A equipe da Delegacia de Paranatinga realizou diligências e chegou à identificação do autor do crime. Com a documentação reunida sobre a ação criminosa, o delegado Hugo Abdon representou pelo pedido de prisão preventiva, deferido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Paranatinga.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso