conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende 7 integrantes de grupo criminoso armado

Publicado

Policial

Assessoria|PJC-MT
 

Três homens foram presos e quatro adolescentes apreendidos pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, na noite de sexta-feira (16.02), em Cuiabá. A ação resultou também na apreensão de drogas, uma arma de fogo e um veículo.

Matheus Wilker Ramos Marques, conhecido como “Wilker”, Vitor Ramos de Oliveira, e Mateus Felipe de Souza Martins, foram presos em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, associação criminosa armada, posse ilegal de arma de fogo de numeração suprimida, posse irregular de munições e corrupção de menores.

Os menores, W.D.R.M., 15, E.G.R.S., 16, L.S.S., 16, e E.A.S., 17, foram autuados em ato infracional análogos aos mesmos delitos. Posteriormente, encaminhados para Delegacia Especializada do Adolescente (Dea). 

Durante diligências para apurar denúncias de ações cometidas por um grupo criminoso, os policiais civis da Derrfva localizaram uma residência no bairro Sol Nascente, suspeita de ser usada pelos envolvidos.

No local, os investigadores perceberam se tratar de ponto de venda de drogas, comandado por Matheus Wilker, suspeito temido pelos moradores do bairro e região.

Também foram encontradas porções de maconha, a quantia de R$ 2 mil em dinheiro trocado caracterizando, mas ainda a existência de comércio de entorpecentes, além de uma pistola calibre .22 com numeração suprimida e várias munições de diversos calibres.

Inicialmente, foram surpreendidos no imóvel o líder da quadrilha, Matheus Wilker, na companhia de Vitor Ramos, e dois adolescentes W.D.R.M. e E.G.R.S.

Em seguida os policiais civis realizam buscas pelas proximidades, e quando retornaram na referida casa, lograram êxito em abordar os outros três integrantes, Mateus Felipe e os menores L.S.S. e E.A.S. O trio estava em posse de um veículo Ford Fiesta de cor preta, possivelmente usado para práticas criminosas.

Conforme apurado, os envolvidos são responsáveis por crimes de roubos de veículos, tráfico de drogas, extorsão e sequestro. Liderados por Matheus Wilker, eles vinham agindo de forma reincidente, causando intimidação e medo nos moradores do bairro e adjacências.

Conduzidos à Derrfva, os sete detidos foram interrogados pelo delegado de polícia Marcelo Martins Torhacs, e autuados em flagrante delito.

“Por se tratar de jovens considerados de alta periculosidade, objetivando cessar a reiteração de condutas criminosas pelos autuados, e visando garantir a ordem pública, foi representado pela conversão da prisão em flagrante pela prisão preventiva”, destacou o delegado de polícia Marcelo Martins Torhacs.
 

Comentários Facebook

Policial

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito de tentativa de homicídio, que age como disciplina de facção, é preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil cumpriu nesta segunda-feira (18.10), em Paranatinga, um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 21 anos investigado por tentativa de homicídio qualificado, ocorrida na última semana, na cidade.

O suspeito foi identificado como “disciplina” de uma facção criminosa e é investigado pela prática de diversos crimes realizados em Paranatinga, como tortura, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

No último dia 12 de outubro, a vítima de 22 anos estava em uma residência quando foi atingido por disparos de arma de fogo.

A equipe da Delegacia de Paranatinga realizou diligências e chegou à identificação do autor do crime. Com a documentação reunida sobre a ação criminosa, o delegado Hugo Abdon representou pelo pedido de prisão preventiva, deferido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Paranatinga.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso