conecte-se conosco


Policial

Operação Integrada de Trânsito registra quase 70 autos de infração

Publicado

Policial

Maricelle Lima Vieira | Sesp-MT 
 

Arquivo PJC

A | A

Forma registrados 69 autos de infração de trânsito e recolhidos 31 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), durante a Operação Integrada de Trânsito, realizada nesta sexta-feira (16.02), na Avenida Ciriaco Cândia, no bairro Santa Isabel.

Ao todo, 1.271 veículos passaram pelos Leitores Ópticos de Caracteres (OCRs), que estão acoplados nas viaturas da Polícia Militar e da Polícia Judiciária Civil – auxiliando no trabalho de verificação das placas. Em 249 veículos o alarme foi acionado.

Cinquenta veículos foram removidos, sendo 44 carros, uma carretinha, quatro motos e um caminhão. Uma pessoa foi presa por desobediência e outra por falsificação, além de três carteiras de habilitação recolhidas.

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Sesp, major PM Rafael Dias Guimarães, disse que ações como esta inibem as práticas de delitos na direção. “Estamos fazendo constantemente a Operação Integrada de Trânsito. A meta é ampliar ainda mais para promover a conscientização dos condutores”, destacou.

Major Rafael explica ainda que cada viatura possuí duas câmeras instaladas no teto e que elas captam placas num ângulo que alcança veículos em trânsito e estacionados. No interior das viaturas há um computador que acessa o banco de dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Essas informações são atualizadas diariamente, o que possibilita verificar se os automóveis com as placas filmadas são furtados, roubados ou irregulares. 

“Os equipamentos são locados pelo Detran, e sua utilização é fruto de uma parceria entre a Sesp, Detran, Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil. Ainda há previsão de instalar em mais viaturas, expandindo o sistema, tanto em viaturas da PM como da PJC”.

O presidente do Detran, Thiago França destaca que o trabalho integrado tem papel fundamental não apenas na segurança viária, mas também na segurança pública. “As ações nesse contexto de preservação da vida são de extrema importância”.

Delegado titular da Deletran, Christian Alessandro Cabral, comenta a utilização da OCR.  “Esses equipamentos foram adquiridos devido ao alto índice de irregularidades na frota de veículos em circulação no Estado. A média no Estado beira a 50%. Temos municípios no Estado em que mais de 70% da frota está irregular. E durante essas operações temos nos surpreendido devido ao alto índice de veículos irregulares”.

O comandante do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário de Mato Grosso, tenente coronel Esnaldo de Souza Moreira frisa que o trabalho integrado fortalece as ações das instituições dando mais celeridade no processo de abordagem. “Cada entidade tem a sua responsabilidade. Ao Batalhão de Trânsito cabe o planejamento e a segurança no local e somando as outras entidades conseguimos êxito em todo trabalho”.

A operação também contou com a participação dos agentes da Guarda Municipal de Várzea Grande e da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) de Cuiabá.

Comentários Facebook

Policial

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito de tentativa de homicídio, que age como disciplina de facção, é preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil cumpriu nesta segunda-feira (18.10), em Paranatinga, um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 21 anos investigado por tentativa de homicídio qualificado, ocorrida na última semana, na cidade.

O suspeito foi identificado como “disciplina” de uma facção criminosa e é investigado pela prática de diversos crimes realizados em Paranatinga, como tortura, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

No último dia 12 de outubro, a vítima de 22 anos estava em uma residência quando foi atingido por disparos de arma de fogo.

A equipe da Delegacia de Paranatinga realizou diligências e chegou à identificação do autor do crime. Com a documentação reunida sobre a ação criminosa, o delegado Hugo Abdon representou pelo pedido de prisão preventiva, deferido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Paranatinga.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso