conecte-se conosco


Policial

DERF VG prende traficantes em Várzea Grande

Publicado

Policial

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF-VG) apreendeu um adolescente de 17 anos e prendeu um adulto, no sábado (10) por flagrante de tráfico de drogas no bairro Jardim Glória.

A ação resultou de checagem de denúncia anônima referente a um provável endereço de receptação de produtos roubados / furtados.

O adolescente F. S. R, 17, foi abordado pelos policiais no bairro Mapim, próximo a um matagal, em atitude suspeita. Ao avistar a viatura policial ele tentou fugir pelo mato. Ao ser detido, ele estava com uma mochila rosa nas costas, contendo porções de maconha e pasta base de cocaína, dinheiro trocado (comum em ambientes de traficância) e uma balança de precisão.

Indagado pelos policiais civis da especializada, o adolescente afirmou ter pego o entorpecente de Gilmar Francisco da Cruz Ribeiro, 26, no bairro Jardim Gloria I. Em diligência à casa do suspeito foram localizadas 22 porções de pasta base de cocaína, éter (usado na preparação da droga), além de objetos característicos de terem sido trocados por droga.

Autuados em flagrante, o adolescente vai responder por ato infracional análogo ao tráfico de drogas. E o adulto pelos crimes de tráfico e receptação.

RECONHECIMENTO AOS TRABALHOS

A DERF VG tem intensificado nos últimos meses o combate à criminalidade envolvendo roubos e furtos em Várzea Grande e sua correlação com o crime de receptação. A estratégia tem alcançado avanços não apenas nos índices de prisão e recuperação dos objetos subtraídos em ações criminosas, como também na percepção popular do trabalho policial.

Um exemplo disso ganhou repercussão em uma rede social neste final de semana. Em sua página no Facebook o pastor evangélico Marcos Ritela agradece à Polícia Judiciária Civil, em especial à DERF VG, pelo trabalho célere que resultou na prisão da quadrilha que assaltou sua família, na quinta-feira (08). “Eles [ Polícia Civil]  fizeram um trabalho que fiquei impressionado. Fantástico (…) As vezes temos impressão distorcida da Polícia “, disse o pastor pedindo orações aos delegados Jannira Laranjeira Siqueira Campos e Marcel Gomes de Oliveira e aos investigadores Adriano, Renato, Willias, Zelino, Lucas, Denilson, Emerson, Jose Rodrigues, João Paulo, Denilson, Marcelo, Rafael, Marcio, Caio, Diego, Juscimauro, Edilson, e aos escrivães Joelma e Antônio Roberto.

 

Comentários Facebook

Policial

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito de tentativa de homicídio, que age como disciplina de facção, é preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil cumpriu nesta segunda-feira (18.10), em Paranatinga, um mandado de prisão preventiva contra um rapaz de 21 anos investigado por tentativa de homicídio qualificado, ocorrida na última semana, na cidade.

O suspeito foi identificado como “disciplina” de uma facção criminosa e é investigado pela prática de diversos crimes realizados em Paranatinga, como tortura, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

No último dia 12 de outubro, a vítima de 22 anos estava em uma residência quando foi atingido por disparos de arma de fogo.

A equipe da Delegacia de Paranatinga realizou diligências e chegou à identificação do autor do crime. Com a documentação reunida sobre a ação criminosa, o delegado Hugo Abdon representou pelo pedido de prisão preventiva, deferido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Paranatinga.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso