conecte-se conosco


Mato Grosso

Mato Grosso é destaque na revista Exame por implantar coaching na gestão pública

Avatar

Publicado

Assinatura do decreto que institucionaliza o coaching na gestão pública de Mato Grosso.

Assinatura do decreto que institucionaliza o coaching na gestão pública de Mato Grosso.

A secretaria de Estado de Gestão (Seges) foi destaque na revista nacional de negócios Exame pelo trabalho realizado com o Coach na Gestão Pública. A reportagem aborda o panorama da busca pela produtividade e qualidade dos serviços no setor público do País, e cita Mato Grosso pelo resultado animador com a implantação do coaching no serviço público.

O Programa de Liderança e Coaching para os Gestores Públicos teve início em novembro de 2015 com o objetivo de transformar gestores públicos em líderes coaches, e assim contribuir com transformação da cultura do setor público. Em sua 18ª edição, o programa ja capacitou mais de 400 líderes e atendeu mais de 20 secretarias do Estado.

“É muito importante ver este trabalho dando certo, a formação dos líderes contribui para a cultura da eficiência, e da excelência no serviço prestado para a sociedade que tanto queremos consolidar cada vez mais no serviço público?, conta o secretário de Gestão, Júlio Modesto. 

O resultado mensurado até o momento foi a criação de metas para o acompanhamento de processos internos, conta o secretário Ajunto de Gestão de Pessoas, Carlos Campello. Ele cita que antes do sistema, a papelada chegava a ficar parada cinco meses na mesa de um funcionário, sem resolução. Agora o prazo estimado é de um mês. 

Capacitação

Os cursos são ministrados após uma seleção dos gestores. A seleção é realizada por meio de uma palestra de apresentação e alinhamento do Programa para que o gestor tenha consciência de como funciona o processo e decida se poderá cumprir todas as etapas. Os que desejarem participar e não puderem em detrimento do número de vagas entram para uma lista de espera para realizarem o curso em outra oportunidade.

Após a seleção, são enviadas as pesquisas para elaboração do conteúdo que será ministrado no decorrer das 40 horas divididas em quatro módulos que compõem o programa, juntamente com as ações extraclasse. A dinâmica dos trabalhos é interativa e reflexiva, utilizando como metodologia o coaching, aprendizagem experiencial e andragogia. Utilizam-se também várias ferramentas que auxiliam no desenvolvimento de cada líder dentro do processo.

Após a implantação do coaching como ferramenta começou a preparação dos novos líderes pelo projeto “Academia de Novos Líderes?. A intenção é fomentar na cultura organizacional do Estado a preparação de servidores com conhecimento técnico e habilidade comportamental e assim alavancar o Poder Executivo, com resultados positivos com menos custo. A busca de servidores que irão atuar como facilitadores ultrapassou a 1000 candidatos que se disponibilizaram a participar deste novo projeto. Isso já é um reflexo da implantação do coaching como ferramenta de liderança.

A mentora deste programa é a servidora pública e master coach Tatiane Barbieri que idealizou o Programa que foi institucionalizado como programa de governo por meio da assinatura de decreto e que fez Mato Grosso ser o primeiro estado do país a ter coaching instituído na gestão pública. Conforme Barbieri, além de melhorar a área profissional, a metodologia também melhora a vida pessoal e assim temos servidores mais felizes e produtivos.

Veja a matéria completa na revista Exame aqui.  

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governador anuncia mais 147 leitos para pacientes de Covid-19

Avatar

Publicado


.

O governador Mauro Mendes anunciou, na manhã deste sábado (28), mais 147 leitos exclusivos para o tratamento de possíveis casos graves de pacientes com o coronavírus.

Os leitos estão sendo preparados no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá. Serão 30 leitos de UTI e 117 leitos de enfermaria.

“Uma parte desse hospital está sendo totalmente isolada e preparada para também se transformar em uma área de referência para atender ao covid-19. Essa área não terá nenhuma conexão com as áreas que continuarão a atender os outros tipos de enfermidades, de doenças, que nós teremos aqui no Hospital Estadual Santa Casa”, afirmou.

De acordo com Mendes, toda a rede hospitalar no estado está sendo preparada, em articulação com os municípios, para atender de forma exclusiva as pessoas contaminadas com o vírus.

Até o momento, Mato Grosso contabiliza 11 casos confirmados de coronavírus, sendo apenas um hospitalizado em UTI particular, e nenhum internado na rede pública. Nas próximas semanas, estarão disponíveis mais de 500 leitos e 110 UTIs exclusivos para o combate à doença.

“Em Várzea Grande, nós teremos 240 leitos de enfermaria e mais 40 UTIs. Já temos UTIs preparadas em Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta. Estamos trabalhando para melhorar a nossa rede de atendimento e aguardando a Prefeitura de Cuiabá, Várzea Grande e dos principais polos colocarem à disposição os leitos para essa rede estadual de atendimento exclusivo do Covid-19”, relatou.

Ampliação do Metropolitano

Ainda na manhã deste sábado, o governador vistoriou as obras de ampliação do Hospital Metropolitano em Várzea Grande, ao lado do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A construção vai possibilitar a acomodação de 200 novos leitos para casos graves de coronavírus e deve ser finalizada nas próximas semanas. Somada à estrutura já disponível no Hospital Metropolitano, ficará disponível um total de 260 leitos no local.

Essa força-tarefa de reforço para entregar a construção será rápida, pois o modelo do projeto prevê a montagem das paredes com painel isotérmico, mesmo sistema usado na China. Um modelo eficiente de fácil montagem que otimiza o tempo de obra, com valor estimado em R$ 2,5 milhões. A compra dos materiais será realizada diretamente com a fábrica, reduzindo assim o custo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Agentes apreendem dois drones e três celulares em Rondonópolis

Avatar

Publicado


.

Dois drones, três celulares e cinco fones de ouvidos foram apreendidos na Penitenciária Major Elder Sá (Mata Grande), em Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá), na noite desta sexta-feira (27.03). Foram feitas buscas pela região, mas ninguém foi preso.

A primeira apreensão aconteceu por volta das 21h de sexta-feira quando um agente penitenciário que fazia a vigia em uma das torres avistou o objeto sobrevoando a unidade. Instantes depois, o drone perdeu o sinal e caiu no interior da unidade penal. Neste primeiro equipamento foi encontrado um celular.

Já no início da manhã deste sábado (28.03), os agentes fizeram buscas pelo lado externo da unidade penal e encontraram mais um drone com dois aparelhos celulares.

A penitenciária tem recursos para inibir esta prática ilícita, a exemplo da implantação de telas solares, alambrando que blinda todo o perímetro da unidade e câmeras de videomonitoramento.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana