conecte-se conosco


Política Nacional

Correção

Avatar

Publicado

Ao contrário do que havia sido informado anteriormente, o ministro Moreira Franco não sugeriu que os membros do PSDB contrários à aprovação da reforma da Previdência deixe o partido. Lamentamos o erro. Leia aqui a reportagem sobre o evento.


Comentários Facebook

Política Nacional

Frente parlamentar pela contagem pública dos votos será lançada na quarta-feira

Avatar

Publicado


Gustavo Vara/Prefeitura de Pelotas-RS
Eleições - voto secreto urnas votação eleitores eleitoral
A Frente Parlamentar defende que o eleitor possa ver e conferir o próprio voto

Será lançada na quarta-feira (4) a Frente Parlamentar Mista pela Contagem Pública dos Votos. O evento foi pedido pelo deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Ele lembra que a Lei 13165/15 determinava a impressão do registro de cada voto para conferência do eleitor. “No entanto, o Plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu derrubar o voto impresso nas eleições de 2018, para eventual conferência dos resultados na disputa”, disse.

Para o deputado, o princípio da publicidade em eleições eletrônicas impõe que o eleitor, ainda dentro da cabine de votação, possa ver e conferir, com recursos próprios, o conteúdo do documento que registre o seu voto. “Também impõe que os representantes dos candidatos (que possuem o direito constitucional de serem votados) possam conferir o conteúdo de cada registro de voto apurado”, disse Silveira.

Hora e local
O lançamento da Frente Parlamentar será às 10 horas, no Salão Nobre.

Da Redação – RS

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

CPI ouvirá sócios de empresa acusada de produzir fake news na campanha de 2018

Avatar

Publicado


Presidente e relatora da CPMI das Fake News: senador Angelo Coronel (PSD-BA) e Lídice da Mata (PSB-BA)

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News ouve na próxima terça (3) depoimentos dos três sócios da empresa AM4 Brasil Inteligência Digital LTDA. Marcos Aurélio Carvalho, Alexandre José Martins e Magno Carvalho foram convocados pela comissão a pedido do deputado federal Rui Falcão (PT-SP).

No pedido para realização da audiência, o deputado cita a suspeita de que essa empresa tenha produzido e distribuído notícias falsas durante a campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro, em 2018.

Segundo o deputado, a prestação de contas do então candidato Jair Bolsonaro ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que a empresa teria sido a maior prestadora de serviços da campanha, somando R$ 650 mil.

Falcão também afirma que um dos sócios, Marcos Aurélio Carvalho, integrou a equipe de transição do presidente eleito e foi definido pelo jornal O Globo como “marqueteiro digital” da campanha de Bolsonaro. Para o parlamentar, os depoimentos dos sócios da AM4 são fundamentais para o esclarecimento das acusações que pesam sobre a empresa.

A reunião está marcada para as 14 horas, no plenário n 2, da Ala Senador Nilo Coelho, no Senado.

Da Redação – GM
Com informações da Agência Senado

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana