conecte-se conosco


Política

Deputados dão início aos debates sobre o orçamento para 2017

Publicado

Política

Sessão Plenária Vespertina (Foto: Marcos Lopes/ALMT)

Na primeira sessão após o Poder Executivo entregar o Projeto de Lei Orçamentário Anual 2017 (PLOA) à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), os deputados debateram os problemas financeiros que acometem os cofres públicos. O presidente da Mesa Diretora, Guilherme Maluf (PSDB), destacou que o documento será encaminhado para todos os deputados para que os mesmos possam analisar com calma a proposta do Governo do Estado e assim contribuir para a construção de um orçamento responsável.

O deputado José Domingos Fraga (PSD) falou sobre a atual situação da saúde pública estadual, que está com repasses atrasados para a empresa contratadas. “Pude visitar o Hospital Regional de Sorriso e me deparei com profissionais terceirizados que há quatro meses não recebem salários. Estes profissionais, muitos deles médicos, estão desmotivados e a saúde pública um caos. Até mesmo a lavandeira do hospital está trabalhando para atender somente o mínimo necessário”.

Ainda de acordo com o deputado, o problema poderá se agravar ainda mais em 2017, caso o PLOA seja aprovado conforme a proposta do governo, que prevê um aumento de 8% nos investimentos em saúde, em comparação com a LOA 2016.

“Atualmente a receita ideal para a saúde seria de, no mínimo, R$ 1,8 bilhão, e o governo previu R$ 1,5 bilhão para o ano que vem. Assim, é impossível pensar em novos investimentos e construção de hospitais. O governo precisa criar condições para a manutenção dos serviços que deveriam ser oferecidos antes de pensar em novos empreendimentos”.

O líder do governo na ALMT, Dilmar Dal Bosco (DEM), reconheceu que a situação da saúde exige cuidados e destacou que o Estado vai precisar do apoio dos deputados para garantir o pagamento dos salários dos funcionários e os repasses à saúde. “O governador Pedro Taques assumiu o governo com déficit que superava R$ 1,5 bilhão, incluindo os repasses atrasados aos hospitais. Agora é o momento de achar um caminho”, enfatizou.

Outro fator que, segundo Dal Bosco, contribui para a crise que atinge os cofres do governo é o atraso dos repasses por parte do governo federal.

O deputado estadual Dr. Leonardo (PSD) concordou que a situação da saúde é preocupante no Estado e disse que grande parte do problema vem da falta de investimento que decorre desde gestões anteriores. “Há anos a saúde não recebe novos investimentos. E, com a CPI das OSS, conseguimos mostrar que pelo menos R$ 600 milhões poderiam ter sido poupados caso os contratos firmados pelo governo anterior tivessem tido melhor gestão”.

Balanço das eleições – Os deputados estaduais aproveitaram a sessão plenária desta terça-feira (4) para parabenizar os deputados eleitos prefeitos, bem como os demais companheiros de partidos que venceram as eleições municipais.

O deputado estadual Romoaldo Júnior (PMDB) parabenizou a Justiça Eleitoral que realizou todo o processo e conseguiu disponibilizar os resultados poucas horas depois de encerrada a votação.

“Mais uma vez registramos a festa da democracia. Apesar da abstenção, percebemos a participação dos eleitores cada vez mais conscientes”.

O deputado estadual Carlos Avalone (PSDB) destacou o crescimento do partido que conquistou a prefeitura de 40 municípios, além das vagas nas câmaras. “É uma renovação para o PSDB, que sai mais fortalecido”.

O deputado Wagner Ramos (PSD) parabenizou os correligionários que participaram das disputas e agradeceu o engajamento de todos para consolidação do partido em esfera nacional.

Ordem do Dia – Os deputados aprovaram todos os pareceres referentes a 21 projetos de lei colocados em votação. As propostas que tinham parecer favorável da comissão e foram aprovadas em primeira votação no plenário, voltam para uma segunda análise técnica na comissão antes de serem submetidas a segunda votação. As de parecer contrário, são arquivadas.

Já os projetos de lei aprovados pela segunda vez em plenário, ficam a disposição para contribuições e depois têm a redação final votada e só então são encaminhados ao Poder Executivo, caso aprovados.

Fonte: AL MT

Comentários Facebook

Política

Deputado Dr. Gimenez participa de mutirão da limpeza no Rio Paraguai

Publicado


Mais de 90% dos resíduos retirados compreendem lixo doméstico e material de construção

Foto: ROSE DOMINGUES

A ação envolveu vários parceiros, com coordenação da Prefeitura de Cáceres

Foto: ROSE DOMINGUES

O deputado estadual Dr. Gimenez (PV) participou no domingo (17) do 33º Mutirão de Limpeza do Rio Paraguai, em Cáceres (200 km a oeste da capital), ação que envolveu a prefeitura municipal, instituições parceiras e voluntários. A área de coleta compreendeu 50 km rio baixo e acima, de onde foram retiradas aproximadamente duas toneladas de lixo.

Para Dr. Gimenez, esse é um importante trabalho de conscientização ambiental que envolve principalmente crianças e jovens. “Cáceres é a nossa princesinha do Pantanal, uma cidade que é referência internacional na pesca, no turismo, berço de inúmeras espécies de plantas e animais, por isso temos o dever de proteger e cuidar”.  

Dentre os materiais retirados, mais de 90% foram lixo doméstico e material de construção, como vaso sanitário, fogões, geladeiras, caixas d’água, tambores, plásticos, pneus velhos e lonas. A ação ocorreu na manhã de domingo, contou com uma embarcação grande, 39 menores e 180 voluntários.  

A prefeita de Cáceres, Eliene Liberato Dias, agradeceu o empenho dos voluntários, alertando para o impacto ambiental que a grande quantidade de lixo traz ao Rio Paraguai e seus afluentes. “Por entender que é uma ação importante, fizemos questão de manter a realização, mesmo durante o período de pandemia”.  

O principal objetivo foi a coleta de todo material considerado “lixo” deixado nas praias, barrancos, de modo a reforçar a conscientização dos usuários, o que segundo o capitão da Marinha Renato Lanchas Araes, gera maior sustentabilidade, qualidade da água e da natureza à sua volta.  

O mutirão contou com o envolvimento de vários parceiros, entre eles, a Prefeitura Municipal, Lanchas Araés, Marinha do Brasil, DNIT, Progaia, Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros, Cruz Vermelha, Asatec, Autarquia Águas do Pantanal, além de várias entidades educacionais, ambientalistas e clubes de serviços.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

ALMT inaugura nesta terça (19) sala de identificação infantil para confecção de RG para crianças a partir de 0 ano de idade

Publicado


Foto: Marcos Lopes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso inaugura nesta terça-feira (19), às 9h, o Espaço de Identificação Infantil, voltado para o atendimento de crianças que procurarem o Espaço Cidadania para confecção do documento de identidade (RG). Demais serviços oferecidos na sede do Parlamento também serão retomados. 

A sala tem decoração e elementos lúdicos para garantir mais conforto às crianças. O espaço também conta com equipamento específico para coleta biométrica de menores de 0 a 5 anos. “O diferencial do kit biométrico neonatal é a tecnologia, que imprime maior resolução na imagem coletada. O próprio equipamento detecta se a imagem está satisfatória e faz a captura, sem que haja necessidade de conhecimento pericial de quem está realizando a coleta”, explica o diretor comercial da empresa Natosafe, Eduardo Liebel. Com essa tecnologia, é possível fazer a coleta desde o nascimento da criança, garante. 

A ouvidora-geral da ALMT, Uecileny Rodrigues Fernandes Vieira, destaca ainda que a Assembleia vai voltar a atender o público externo em todos os serviços, mediante agendamento pelo telefone (65) 3313-6529. 

“Nesse período de pandemia, estivemos fechados por quase dois anos, mas não paramos de trabalhar e voltaremos com melhorias para o cidadão. Com os kits de biometria, não vamos usar mais tinta para a coleta de digital. Nesse tempo também ganhamos uma nova identidade visual no Espaço Cidadania. Além disso, o espaço físico passou por readequação e foi aumentada a área de espera para os serviços do Procon e Defensoria Pública. Depois da pandemia, quando não precisar mais de distanciamento, o espaço vai comportar até 70 pessoas sentadas”, ressalta Uecileny Rodrigues Fernandes Vieira. 

Nesta terça-feira (19), a solenidade de inauguração terá presença de autoridades e parlamentares. De acordo com a ouvidora-geral da ALMT, ainda haverá atendimento focado nos servidores da Casa. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso