conecte-se conosco


Nacional

Vítimas de explosão de bueiro no Rio permanecem internadas

Publicado

Nacional

As vítimas da explosão de um bueiro na Lapa ainda estão hospitalizadas, mas o estado delas é estável. Maurício dos Santos Julianelli, Claudiney Barilo e Aline Barreto Paes, que teve 50%  do corpo queimado, permanecem internados no hospital da Força Aérea do Galeão.

 

No último domingo, um bueiro da concessionária de energia elétrica Light explodiu próximo a um bar na Lapa, centro da cidade. Oito pessoas ficaram feridas. Foi a terceira explosão em menos de uma semana.

 

 


Comentários Facebook

Nacional

VÍDEO: motorista perde o controle, sai da pista e veículo ‘voa’

Publicado


source
Motorista perde controle do veículo e 'voa'
Reprodução

Motorista perde controle do veículo e ‘voa’

Um motorista perdeu o controle do carro enquanto dirigia em um trecho da rodovia CE-138 na cidade de Pereiro, no interior do Ceará , e o veículo acabou ‘voando’ antes de cair em uma ribanceira nesse sábado (22). O momento foi registrado pelas câmeras de segurança de um posto de gasolina.

De acordo com testemunhas, o condutor estava em alta velocidade e perdeu o controle do carro ao tentar desviar de uma moto. O motorista, porém, sofreu apenas ferimentos leves.

Depois do acidente, o homem saiu do veículo e ainda voltou para casa caminhando.

Veja o vídeo do momento em que o carro sai da pista, ganha velocidade e ‘voa’ em direção a uma ribanceira:


Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Avô é condenado a 60 anos de prisão por estuprar três netas em MG

Publicado


source
Sede do Ministério Público de Minas Gerais, na capital Belo Horizonte,
Reprodução / MP-MG

Sede do Ministério Público de Minas Gerais, na capital Belo Horizonte,

Um homem foi condenado na sexta-feira a 60 anos de prisão por estuprar por mais de um ano três netas. O caso ocorreu em Itajubá, no Sul de Minas Gerais. Os pais das vítimas também foram condenados a 40 anos de prisão. Conforme investigação, o casal sabia dos atos de violência, mas era omisso e permitia a conduta do parente.

Conforme a denúncia do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), os abusos foram praticados diversas vezes entre novembro de 2017 e dezembro de 2018. O homem morava com a mulher, avó das crianças, no mesmo terreno que as vítimas e os pais delas, mas em casas separadas. Ele aproveitava a ausência dos pais e as viagens que a mulher fazia para tratar uma doença cardíaca para praticar os crimes.

Ainda segundo o MPMG, a família se mudou quando os pais souberam que as crianças eram abusadas. Pouco depois, porém, retornaram para o mesmo terreno e os atos de violência sexual continuaram. Quando as autoridades tiveram conhecimento dos fatos, as meninas foram encaminhadas para um abrigo.

Consta no processo que a psicóloga da instituição que acolheu as irmãs afirmou que a mãe delas justificou que não tomava providências “porque não tinha aonde ir e não tinha o que dar de comer para as filhas”.

Uma das meninas relatou, porém, que a mãe não acreditava no que ela lhe contava. A garota informou que o avô ameaçava separá-las da família, caso o denunciassem.

No julgamento, o homem negou o abuso contra as netas, afirmando que “todas elas sempre foram tratadas com muito amor e carinho”. Ele não poderá recorrer ao processo em liberdade, mas esse direito foi concedido aos pais.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso