conecte-se conosco


Nacional

Campanha em defesa do Cerrado quer garantir preservação da água no bioma

Publicado

Nacional

 Brasília - O representante da Articulação Camponesa do Tocantins, Pedro Alves dos Santos, participa do lançamento da campanha em defesa do cerrado (Elza Fiúza/Agência Brasil)

O representante da Articulação Camponesa do Tocantins, Pedro Alves dos Santos, participa do lançamento da campanha em defesa do cerrado Elza Fiuza/Agência Brasil

Um grupo de 36 organizações se uniu para defender a preservação da água no Cerrado em mobilização lançada hoje (27), em Brasília. A Campanha Nacional em Defesa do Cerrado busca conscientizar a sociedade dos problemas que a falta de água tem provocado na biodiversidade da região e na vida de comunidades indígenas e povos tradicionais.

“O Cerrado é fundamental para essas comunidades. Essa campanha está sendo lançada hoje, na expectativa de atingir toda a sociedade brasileira para chamar atenção dessa realidade que o Cerrado está vivendo”, disse Isolete Wichinieski, integrante da Comissão Pastoral da Terra (CPT), uma das entidades envolvidas na campanha. Além da CPT, outras organizações religiosas e de defesa da agricultura familiar e dos e direitos humanos integram a campanha.

Segundo Isolete, os povos tradicionais e comunidades indígenas têm um papel importante “na defesa desse território, no uso que eles fazem e na maneira como foram se adaptando e convivendo com esse bioma”.

A campanha pretende mostrar que um dos grandes responsáveis pelo processo de escassez da água e empobrecimento do solo do Cerrado é a monocultura ligada ao agronegócio.

“Nosso Cerrado está totalmente destruído. O agronegócio está avançando. A produção de soja, milho, cana-de-açúcar e eucalipto no território Guarani-Kaiowá trouxe prejuízo para a nossa comunidade”, disse o indígena Elson Guarani-Kaiowá durante o lançamento da campanha.

“Sofremos também vários ataques de agrotóxicos que foram despejados na comunidade indígena. Quando chove, esse agrotóxico cai nos rios, matando os peixes e os animais que ainda restam nas matas. Isso para a gente é uma grande preocupação”, acrescentou.

PEC do Cerrado

Entre as ações da campanha, estão a defesa da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 504/2010, que torna o Cerrado patrimônio nacional. Outra medida é estudar e cobrar políticas para frear o desmatamento na região. “Hoje o cerrado tem menos de 48% de vegetação [original]. A gente precisa conservar esse Cerrado em pé e pensar políticas que possam realmente recuperar o que a gente ainda consegue recuperar. Porque nem tudo a gente vai conseguir recuperar desse território, da vegetação e da sua biodiversidade”, lamentou.

Outra preocupação das entidades envolvidas na campanha é a inclusão do bioma no Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba (sigla para a região de Cerrado nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, considerada a grande fronteira agrícola do país atualmente). “Esse plano vai impactar muito mais o Cerrado. Se a gente não tiver um processo de discutir com as comunidades, de ver como barrar esse plano de desenvolvimento, teremos graves consequências para o Cerrado”, disse Isolete Wichinieski, da CPT.


Comentários Facebook

Nacional

Massa de ar frio chega ao Sul; temperatura segue alta em SP e RJ

Publicado


source
Onda de Calor bate recorde no RS
FreePick/Divulgação

Onda de Calor bate recorde no RS

A onda de calor que chegou ao Rio Grande do Sul está com os dias contados. Uma massa de ar frio chega nas regiões do Sul do país nos próximos dias, após duas semanas de calor extremo. A previsão é de que o alívio nas altas temperaturas aconteça a partir de quinta-feira.

Segundo o site Metsul , na quarta-feira uma frente fria chega ao estado com instabilidade pelo oeste e o Sul, mas diversas regiões gaúchas, especialmente parte do Norte, além de Santa Catarina e o Paraná, vão estar sob uma condição pré-frontal com corrente de jato em baixos níveis da atmosfera trazendo ar quente e favorecendo intenso calor. Da tarde para a noite, chove em muitos pontos com risco de temporais. Segunda-feira e terça-feira devem ser de sol intenso e máximas de 36º C na Capital. Repetindo a semana anterior, mas sem recordes de calor.

No entanto, na quinta-feira, a frente fria avança pelo Rio Grande do Sul e chega aos estados catarinense e paranaense com aumento de nuvens e chuva. A queda de temperatura vai ocorrer devido a massa de ar mais fria que começa a ingressar no território gaúcho. Ainda de acordo com o Metsul, muitas cidades devem registrar máximas ao redor ou acima de 40ºC na tarde da quarta e, na quinta, 27ºC ou 28ºC no mesmo horário.

Leia Também

Calorão no Rio e em São Paulo

Segundo o Climatempo , a previsão para os próximos dias é de muito calor, com máximas entre 35°C e 38°C no Rio e sem previsão de chuva. Já em São Paulo, uma forte massa de ar quente influencia o estado . As temperaturas ficam elevadas por todas as regiões ao longo dos próximos dias e as pancadas de chuva persistem, de forma isolada. Só no próximo fim da semana que o calor tende a diminuir, por causa de uma nova frente fria.

A capital paulista teve um fim de semana muito quente e com recordes consecutivos de maior temperatura do verão , até o momento. Não se descarta um novo recorde de calor para os próximos dias.

Neste sábado, a capital paulista bateu recorde de maior temperatura do ano e do verão. A máxima foi de 33,7°C e igualou ao dia 19/01/2022. Porém, neste domingo a temperatura subiu ainda mais e chegou aos 33,8°C na estação automática do Mirante de Santana, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia. Com isso, a cidade de São Paulo bateu um novo recorde. Essa é a maior temperatura deste ano e desde do início de verão(que começou em 21 de dezembro de 2021).

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

VÍDEO: motorista perde o controle, sai da pista e veículo ‘voa’

Publicado


source
Motorista perde controle do veículo e 'voa'
Reprodução

Motorista perde controle do veículo e ‘voa’

Um motorista perdeu o controle do carro enquanto dirigia em um trecho da rodovia CE-138 na cidade de Pereiro, no interior do Ceará , e o veículo acabou ‘voando’ antes de cair em uma ribanceira nesse sábado (22). O momento foi registrado pelas câmeras de segurança de um posto de gasolina.

De acordo com testemunhas, o condutor estava em alta velocidade e perdeu o controle do carro ao tentar desviar de uma moto. O motorista, porém, sofreu apenas ferimentos leves.

Depois do acidente, o homem saiu do veículo e ainda voltou para casa caminhando.

Veja o vídeo do momento em que o carro sai da pista, ganha velocidade e ‘voa’ em direção a uma ribanceira:


Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso