conecte-se conosco


Curiosidades

Menino autista de 3 anos morre após ser obrigado a caminhar 19 quilômetros em tratamento controverso

Publicado

Curiosidades

Um menino autista de 3 anos de idade chamado Jiajia morreu após ter sido obrigado a caminhar por 19 quilômetros.

Zhang Wei, a mãe da criança, recebeu a notícia de que o filho havia morrido em um hospital de Guangzhou, China, em 26 de abril deste ano.

Quando foi ao necrotério para ver o menino, ela quase não o reconheceu por ele estar mais magro e possuir arranhões por todo o corpo.

De acordo com informações da imprensa local, no dia do óbito Jiajia havia caminhado por 10 quilômetros usando roupas pesadas. Ele fez uma parada para um pequeno almoço, dormiu um pouco e caminhou mais 9 quilômetros.

Tudo fazia parte de um tratamento no centro de reabilitação privado Tiandao Zhengqi, dirigido por Xia Dejun – autodidata que acredita que o autismo está diretamente ligado às crianças mimadas e preguiçosas.

Menino autista de 3 anos morre após ser obrigado a caminhar 19 quilômetros

Jiajia, um menino autista de 3 anos, morreu após ter sido obrigado a caminhar 19 quilômetros em tratamento no centro de reabilitação Tiandao Zhengqi, China. Foto: Shanghaiist

A fim de ajudar as crianças na “recuperação”, o tratamento contava com um rigoroso regime de exercícios físicos e alimentação, em que comida processada era substituída por alguns legumes e frutas, e também um pouco de arroz.

Foto: Shanghaiist

Foto: Shanghaiist

Zhang, que é da cidade de Dandong, deixou Jiajia aos cuidados da instituição por RMB 31.200 (R$ 17 mil) por um período de três meses depois de ler um livro de Xia, que afirmava que o tratamento havia curado várias crianças com autismo.

A mulher prometeu processar o centro e o governo local lançou uma investigação para apurar as práticas ocorridas na instituição.

Foto: Shanghaiist

Foto: Shanghaiist

Foto: Shanghaiist

Foto: Shanghaiist

Fonte: Shanghaiist

Comentários Facebook
publicidade

Curiosidades

VÍDEO: homem enfrenta crocodilo com uma frigideira

Publicado

source
Homem enfrenta crocodilo com uma frigideira em Darwin, na Austrália
Reprodução: redes sociais – 22/06/2022

Homem enfrenta crocodilo com uma frigideira em Darwin, na Austrália

Um vídeo que mostra um homem batendo em um crocodilo com apenas uma frigideira viralizou nas redes sociais. O homem é Kai Hansen, dono de um bar e morador da cidade de Darwin, na Austrália, onde aconteceu o caso.

A gravação registra o momento em que Hansen bate duas vezes no nariz do crocodilo com o utensílio de cozinha, fazendo com o que o animal desistisse do ataque e voltasse para o rio. Veja:

Nas redes sociais, o vídeo fez sucesso e recebeu comentários bem-humorados sobre como é ser morador da Austrália. 

“Usamos panelas, americanos usam armas, australianos são construídos assim”, escreveu Olga Pavlopoulou nas redes sociais.

“No caso da Austrália: bata nas criaturas com uma panela”, comentou Pat Crash.

“O dono do bar bate no crocodilo com uma frigideira para afugentá-lo do gramado da frente. Aqui na Austrália é exatamente isso que acontece em qualquer terça-feira”, observou John Scriven.

Não é a primeira vez que o dono do bar lida com crocodilos. Na verdade, Hansen tem um de estimação que se chama Casey. Além disso, os turistas que visitam o estabelecimento podem conhecer o animal.

Já o réptil agredido com uma frigideira, foi apelidado de Fred. Uma equipe especial de resgate de crocodilos foi enviada à ilha para o recolhimento do animal.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Continue lendo

Curiosidades

Baterias e moedas: médicos retiram 233 objetos do estômago de paciente

Publicado

source
Objetos retirados do estômago de paciente na Turquia
Reprodução

Objetos retirados do estômago de paciente na Turquia

Médicos ficaram perplexos com a situação de um paciente atendido recentemente em Ipekyolu ( Turquia ): eles retiraram do estômago do homem de 35 anos exatos 233 objetos, incluindo moedas, baterias, ímãs, pregos, pedaços de vidro, pedras, porcas e parafusos.

Burhan Demir levou seu irmão mais novo, identificado apenas como Z., a um hospital depois que ele se queixara de forte dor abdominal.

Mas quando os médicos realizaram exames de endoscopia, ultra-som e raios-X, ficaram surpresos ao descobrir todos os itens. O paciente foi submetido a cirurgia de emergência no mesmo centro médico, relatou o ” Metro “.

Paciente se recupera após ter 233 objetos retirados do estômago
Reprodução

Paciente se recupera após ter 233 objetos retirados do estômago


“Durante a cirurgia, vimos que um ou dois dos pregos passaram pela parede do estômago. Vimos que havia dois pedaços de metal e duas pedras de tamanhos diferentes no intestino grosso. Descobrimos que havia baterias, ímãs, pregos, moedas, cacos de vidro e parafusos. Nós limpamos seu estômago completamente”, afirmou um dos cirurgiões envolvidos na operação.

“Não é uma situação que vemos em adultos, ocorre principalmente na infância, com corpos estranhos engolidos inconscientemente”, acrescentou ele.

O paciente deverá ser submetido a avaliação psiquiátrica.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso