conecte-se conosco


Curiosidades

Cão de funerária faz “terapia” para ajudar pessoas enlutadas a superar perda

Publicado

Curiosidades

Um homem de 45 anos de idade chamado Matthew Fiorillo teve a ideia de colocar um cão na funerária Ballard-Durand Funeral & Cremation Services como uma opção de oferecer aos clientes uma espécie de terapia.

Matthew, presidente e proprietário da agência funerária localizada nos EUA, contou que a ideia veio quando passou por uma situação estressante em um aeroporto, em 2014. Ele só se acalmou após uma senhora passar com um cachorro.

Em maio de 2015 Matthew introduziu a carinhosa cadela goldendoodle Lulu como seu mais novo “funcionário”, e garante que o animal faz bem a seus clientes.

Uma das clientes, Chelsea Sules, de 26 anos, relatou ter pensado que nunca mais sorriria após perder o irmão, Stephen. Porém, quando Lulu se aproximou dela, começou a rir e disse que se sentiu confortada.

Cão de funerária faz

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Lulu, um cão de funerária, faz “terapia” para ajudar pessoas enlutadas a superar perda. Ideia é da funerária Ballard-Durand Funeral & Cremation Services, dos EUA. Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Foto: Courtesy of Ballard-Durand Funeral & Cremation Services

Fonte: Today

Veja Também  Vídeo mostra idoso "pescando" sacola de compra boiando em enchente nas Filipinas

Comentários Facebook

Curiosidades

Britânico lambe caixa eletrônico para provar que “coronavírus não é real”

Avatar

Publicado


source
.
Reprodução

Britânico afirma ter lambido, ao menos, dois aparelhos

A polícia de South Yorkshire, na Inglaterra, está atrás de um homem que se filmou lambendo um caixa eletrônico para provar que “o coronavírus não é real”. O vídeo mostra o homem inclinado e lambendo todas as teclas da máquina.

Em um post no Facebook, o rapaz, que não foi identificado, disse: “Tenho saído todos os dias desde o bloqueio, lambii todas as teclas de dois caixas eletrônicos. Se vocês não acreditam, terei que provar para vocês que estão sendo enganados por um governo ladrão.”

“Podemos confirmar que o conteúdo do vídeo foi denunciado à polícia e que as investigações estão em andamento”, afirmou um porta-voz da força policial. 

Comentários Facebook
Veja Também  Mulher descobre pedra de quase meio quilo na bexiga ao sentir dores abdominais
Continue lendo

Curiosidades

“Dinossauro”: bagre de quase 2 metros é pescado no centro de Paris; assista

Avatar

Publicado


source
Tamanho do animal chamou atenção das pessoas que passavam perto do rio
Reprodução

Tamanho do animal chamou atenção das pessoas que passavam perto do rio

Imagens de um verdadeiro “monstro” foram registradas na última semana, quando um pescador capturou um imenso bagre de nove quilos e quase dois metros nas águas do Rio Sena, no centro de Paris.

O vídeo registrado por Lina Lovisa Nilsson, que estava no local quando o animal foi retirado das águas, mostra o tamanho colossal do peixe . Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, ela disse que as pessoas apelidaram o bagre de ” dinossauro ” e confirmou que ele foi devolvido para a água após a captura.

“Eu nunca tinha visto nada assim em nenhuma das grandes cidades que já visitei. As pessoas que estavam perto do local brincaram que era o Monstro do Lago Ness. Ele deve ter sido um dos maiores já pescados no Sena “, disse ela.

Segundo informações do periódico, o maior bagre já registrado no rio que corta a capital francesa media 1,9 metro e tinha quase o mesmo peso do “dinossauro”. Já o maior e mais pesado da história, com quase 65kg, foi capturado em 2011 nos EUA por Richard Nicholas Anderson, conforme dados da Associação Internacional de Pesca Esportiva.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana