PF combate o comércio ilegal de cigarros

Rio Grande/RS – A Polícia Federal deflagra nesta quarta-feira (10/10) a Operação Pancada, para desarticular duas grandes organizações criminosas investigadas por comercializar irregularmente cigarros contrabandeados ou distribuídos com sonegação de tributos.

Cerca de 250 policiais federais cumprem 16 mandados de prisão e 66 de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

A investigação iniciou em março de 2018 quando a Polícia Federal descobriu um depósito em Rio Grande com 380 mil maços de cigarros estrangeiros, avaliados em R$ 2 milhões. Na ocasião, quatro pessoas foram presas em flagrante.

A investigação constatou a atuação de organizações criminosas que distribuíam, na zona sul do Estado, cigarros contrabandeados e, também, produzidos clandestinamente no País, de marcas idênticas às paraguaias. O preço do produto falsificado, muitas vezes, era inferior ao do cigarro contrabandeado.

Estima-se que as organizações criminosas movimentavam mais de R$ 2,5 milhões por mês com a distribuição de meio milhão de maços de cigarro na região. A investigação teve o apoio da Receita Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

Será realizada entrevista coletiva às 10 horas de hoje na Delegacia de Polícia Federal em Rio Grande.

CIDADE/UF

MANDADO DE BUSCA

—MANDADO DE PRISÃO

Rio Grande/RS

38

15

Pelotas/RS

1

0

Cachoeirinha/RS

1

0

Alvorada/RS

1

0

Porto Alegre/RS

4

0

Barão do Triunfo/RS

4

0

Gravataí/RS

1

1

Canoas/RS

5

0

Esteio/RS

1

0

Caxias do Sul/RS

5

0

Agudo/RS

1

0

Cachoeira do Sul/RS

3

0

Maracajá/SC

1

0

*Mandados expedidos

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Contato: (51) 3235.9005

imprensa.rs@dpf.gov.br

Comunicação Social da Polícia Federal em Rio Grande

Contato: (53) 3293-9000

Comentários Facebook