PF investiga a comercialização de moeda falsa em MG

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (3/10) a Operação Dinheiro Fácil, para combater a oferta e a comercialização de moeda falsa. Foram cumpridos três mandados judiciais de busca e apreensão, nas cidades de Belo Horizonte, Igarapé/MG e Vespasiano/MG.

As investigações identificaram que o modus operandi do grupo consistia em oferecer cédulas falsas pela rede social e por meio de grupos fechados dentro do referido aplicativo de mensagens. Os investigados declaravam tratar-se de notas de ótima qualidade e que teriam passado em testes de autenticidade. As cédulas falsas eram encaminhadas pelo correio aos interessados, após depósito bancário em favor do falsário.

Durante o cumprimento dos mandados judiciais, foram apreendidos simulacros de cédulas que podem ter servido de matriz para a fabricação das notas falsas, além de uma cédula falsa de 100 reais e mídias.

Houve a prisão em flagrante de uma mulher pelos crimes de moeda falsa e de petrechos para falsificação de moeda, cujas penas somadas podem alcançar dezoito anos de reclusão.

As investigações prosseguirão, com a análise de todos os materiais e mídias apreendidos, a fim de identificar e delimitar as condutas de todos os autores dos fatos delituosos em questão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

cs.srmg@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Contato: (31) 3330-5270

 

 

 

 


Comentários Facebook